Terça, 17/1- Dar a volta, abrir mão

Começamos já hoje a sentir a tensão que se vai avolumar nos próximos dias entre o que desejamos alcançar e os limites que os outros nos impõem, seja por restrições na relação, seja por questões legais ou financeiras. A situação exige uma nova abordagem, exige um entendimento do bloqueio, exige que pesos do passado sejam eliminados, exige soluções originais, baseadas não em exigências de poder mas sim em projecções mais generosas em que os ideais colectivos inundem a acção. Ou seja, aja livremente, voluntariamente, sem esperar compensações, sem limites ou títulos formais e assim conseguirá libertar-se de impedimentos que apenas se levantavam para o levar a um novo rumo.  Assim, passo a passo,  poderá concretizar e expandir os seus objectivos a longo prazo. Não prometa mais do que pode dar. O retorno virá mais tarde.

Tudo isto se deve à aproximação da quadratura exacta do Sol em Capricórnio a Saturno em Balança, no grau 29 de cada um dos signos, ou seja, o último grau, anarético, antes da passagem para uma nova energia. Como Saturno rege Capricórnio, os limites da ordem e o peso do passado testam a estruturação exigida por este Sol com base nos acordos feitos nos finais de Outubro. O que pensamos nessa altura poder alcançar é o que agora exige solução em moldes diferentes, menos formais, mais cooperantes do que originalmente pensamos organizar, isto devido ao trígono de Quiron e Vénus em Peixes a Saturno em Balança, regido por Vénus. O sextil de Júpiter em Touro ( regido por Vénus) a Quiron e Vénus em Peixes, seu quadrado ao Sol e oposição a Saturno é o que nos permite concretizar e expandir os nossos objectivos ( porque Jupiter rege o Sagitário onde se encontra o Nódulo Lunar Norte). No entanto há que tomar atenção porque o tendência pode ser para exagerarmos, ou termos um excesso de optimismo ou desejo de protagonismo que vai chocar com os limites institucionais ou legais. Não é a melhor altura para nos envolvermos em grandes planos mas sim para uma cuidadosa mas aberta navegação costeira.

A Lua em Escorpião traz intensidade emocional a todos os planos de regeneração de objectivos de partilha e favorece ultrapassarmos limites desde que seja através da mesma generosidade e entrega já que também faz trígono a Vénus em Peixes.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: