Sábado, 16/6- Insegurança financeira- um retrato astral

Dinheiro, dinheiro, dinheiro. Opções financeiras. Opções de rumo. Opções políticas. Os interesses pessoais. Os interesses nacionais. Os medos. Insegurança material. Medo da mudança. Medos antigos que voltam. O medo da escolha. O peso dos compromissos. A oportunidade de exprimirmos os nossos receios e desejo de termos a que nos agarrar. O caminho de futuro que deve deixar as ambivalências para trás.

É extraordinária a clareza do horóscopo deste fim de semana na sua expressão simbólica do que se está a passar no campo financeiro e político europeu, inevitavelmente com ecos nas nossas ansiedades e opções pessoais.

De uma forma muito sucinta e entre uma multiplicidade de outras derivadas simbólicas, podemos limitar as equiparações às seguintes posições dos planetas nos signos que ocupam hoje e amanhã:

– Sol em Gémos-o poder dividido; Vénus retrógrada em Gémeos- revisão das opções financeiras; Lua em Touro- a insegurança material; Mercúrio em Caranguejo- a expressão da ideia de segurança pessoal ou colectiva; Marte em Virgem- a afirmação no detalhe; Júpiter em Gémeos- a verdade da banca e mercados, Saturno retrógrado em Balança- revisão dos compromissos financeiros e acordos politicos, Urano em Carneiro- a liberdade de rutura, Neptuno  retrógrado em Peixes- os ideais revistos; Plutão em Capricórnio- novas estruturas   gerais políticas e financeiras- os poderes hipotecados; Quiron em Peixes- a ferida, a insuficiência de resposta ideal.

Os aspectos que fazem entre si são igualmente belas ilustrações do que vem nos jornais e sabemos que está em curso:

Sol em Gémeos trígono a Saturno e a Neptuno- divididos, os poderes esforçam-se por rever acordos e garantir que haja estruturas de controlo financeiro e politico de acordo com ideais colectivos mesmo que estes também tenham de ser revistos. Sol quadrado a Marte em Virgem- o conflito sobre os detalhes é inevitável

Mercúrio em Caranguejo sextil a Lua, trígono a Marte- Faz-se ouvir a defesa dos interesses nacionais, dos quais não nos faltam pormenores nem a pressão dos receios de falta de segurança material.

Vénus retrógrada em Gémeos quadrada a Quíron, quincúncio a Plutão- revisão das opções financeiras, planos de contingência, medo de não estar à altura das exigências globais ou de pressões hipotecárias incontroláveis. Estão de novo na mesa os podres, insuficiências e limites de velhas situações que têm de ser sanadas.

Júpiter quadrado a Neptuno- o descontentamento crescente

Urano quadrado a Plutão- o crescente impulso de mudança para novos paradigmas politicos e financeiros e de rutura com o passado.

Vénus oposta ao Nódulo Lunar Norte em Sagitário- a verdade e o futuro não estão nas ambivalências que estamos a viver mas sim na abertura a novas propostas que não têm de ser iguais para todos ( Júpiter regente de Sagitário está em Gémeos)

E assim, este fim de semana, os bancos centrais de todo o mundo estao a postos com vários planos de contingência para intervirem nos mercados globais com alterações das taxas de juro ou injecções de liquidez caso as eleições na Grécia no domingo derem mais uma machadada no já frágil tecido da situação bancária e estrutura de funcionamento do euro…..

4 thoughts on “Sábado, 16/6- Insegurança financeira- um retrato astral

Add yours

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: