Temos hoje que trabalhar na consciência das relações, sejam elas pessoais, contractuais ou financeiras. Como nos damos, o que projectamos, o que esperamos dos parceiros são questões para analisar à lupa com o contraparalelo do Sol em Balança a Vénus em Virgem.  Vamos analisar e vamos também debater essas questões, em profundidade, já que Mercúrio em Escorpião está em sextil a Lua em Virgem. 

Para completar o quadro, ou aliás, na origem dessa tensão e necessidade de rever o nosso quadro de relações está o sesquiquadrado de Sol a Quíron retrógrado em Peixes. Como sempre com Quíron, vêm à tona os sentimentos mais dolorosos que guardamos à porta fechada e temos de lidar com eles, co os limites nas relações, com o equilíbrio entre o dar e o receber, com o sofrimento ou vitimação que nos estiver a afectar. 

Depois desses assuntos estarem tratados, vem o trígono de Marte a Urano, hoje e nos próximos dias dar-nos a independência e estímulo a fazer o que queremos, livres de prisões antigas e imbuídos de um novo sentido de orientação para a vida.