Já sentimos no ar potenciais perturbações à ordem habitual, tensões de controlo de poder e a necessidade de organizar as coisas de outra maneira. Estamos em vésperas de Lua Nova em Virgem e de três outros aspectos exactos que já hoje anunciam emoções intensas. São eles o trigono a Urano em Carneiro da Lua ainda em Leão conjunta a Venus, a conjunção de Marte a Saturno em Escorpião e o quincúncio de Mercúrio em Virgem a Urano, oposto a Quíron em Peixes e sextil a Marte e Saturno. Tudo isto se traduz em grande imprevisibilidade, exaltação e frustração, mais ainda porque a Lua e Venus fazem quadratura a Marte e Saturno. Assim, com os aspectos de Urano temos de estar prontos para alterar rotinas, com as posições em Leão não podemos deixar que o ego se sobreponha ao bom senso e com os aspectos de Mercúrio fazer um esforço de sistematização cuidadosa para resolver questões pendentes. Quando a Marte conjunto a Saturno quincúncio a Urano, o importante é saber utilizar essas energias explosivas para nos libertamos inteligentemente do que não serve propósitos evolutivos. A nível pessoal, colectivo, político ou financeiro vemos exacerbado o conflito exactamente para que seja resolvido. A Lua Nova de amanhã pode marcar um novo ciclo na gestão das crises de transformação em curso.

A tela é um mural de 1943 do pintor norte americano Jackson Pollok

astro_w2gw_125_carta_do_dia_hp.63417.51905