A tendência para correr riscos, agir intempestivamente ou organizar tudo sem consideração pela opinião alheia é maior hoje com o quincúncio do Sol em Virgem a Urano em Carneiro. No entanto, sentimos em simultâneo o desejo de responder às responsabilidades, ser produtivo e fazer o que for preciso para restruturar a longo prazo bens, poderes, ou a ordem geral das coisas, graças ao sextil do Sol a Saturno em Escorpião. No fundo há um motor de acção em marcha com objectivos precisos,  métodos radicais e a uma ideia de verdade na mira devido à aproximação da Lua Cheia em Peixes.

A Lua já está em Peixes, faz oposição a Vénus em Virgem, conjunção a Netuno e vai fazer oposição ao Sol em Virgem na Lua Cheia da madrugada de dia 9. Está já no ar a grande questão que esta Lua Cheia levanta: como vamos levar a cabo a defesa dos nossos ideais?  com fundamento vamos prestar serviço, qual a verdade que deve guiar os nossos gestos no quotidiano, no trabalho, na análise das questões? Vamos pela razão ou devemos ouvir o coração no amor, na dádiva, nas opções em cima da mesa? A oposição da Lua a Vénus já hoje dá o arranque a essa aspiração de servir ideais nas relações sejam elas sentimentais, organizacionais ou mesmo financeiras. Queremos pôr em prática aquilo a que aspiramos mas podemos estar confusos ou iludidos quanto ao que nos move ou onde queremos chegar devido à conjunção da Lua a Neptuno. Estamos certamente hiper-sensíveis e é bom, devido à oposição ao Sol, tentar equilibrar a emoção com a lógica, um desafio ainda maior no momento da Lua Cheia que vai estar conjunta a Quíron. Nos Símbolos Sabianos, o grau onde se passa esta Lua Cheia corresponde à oposição entre o Sol em “ Um vulcão em erupção” e a Lua e Quíron em “ Um caminho de redenção”. Há de facto um vulcão em início de erupção na Islândia e conflitos explosivos face aos quais o que a Lua e Quíron nos pedem é procurar a salvação numa qualquer verdade espiritual, filosófica, transcendente, humanista, renascermos das cinzas, do vulcão ou dos danos da vida. O risco é o fundamentalismo, guerras santas e a ilusão da detenção de uma verdade única. Com Marte a entrar em Sagitário dia 14, a luta pela verdade pode fazer batalhas.

astro_w2gw_125_carta_do_dia_hp.62602.25455

 

 

 

 

 

Anúncios