Hoje é o Solstício com a entrada do Sol em Capricórnio e um mês pela frente em que o foco das nossas atenções se vira para a ordem das coisas, as estruturas em que estamos inseridos, o que controlamos ou não, as ambições de projecção, de poder e os alicerces necessários para atingirmos objectivos. Temos de cuidar das fundações para poder usufruir do edifício com o ingresso do Sol em Capricórnio, regido por Saturno que tal como Plutão se encontram em trânsito nesse signo. Esta conjugação de energias é potente e tem consequências a vários níveis. Desde  2008 que Plutão está em Capricórnio forçando alterações profundas tanto a nível pessoal como a nível colectivo nas áreas financeiras, de partilhas de poderes, de organização individual ou política, destruindo a velhas ordem e revelando todos os “podres” escondidos desde as canalizações das casas à corrupção instítuida. Desde o final de Dezembro do ano passado Saturno está também em Capricórnio, a “arrumar”,  a dar um novo enquadramento ou estrutura a tudo o que Plutão tem vindo a alterar e vão encontrar-se em conjunção em Janeiro de 2020 formatando uma nova ordem para os próximos cerca de 33 a 38 anos. As ultimas conjunções deram-se  em Outubro de 1914 em Caranguejo,  emAgosto de 1947, em Leão e em Novembro de 1982 em Balança, tempos que de facto pontuaram o mundo do século XX, pelo inicio da 1 guerra mundial o fim da segunda e a invasão do Irão pelo Iraque .

Ao entrar hoje em Capricórnio, o Sol vai iluminar até dia 2 de Janeiro, quando se encontra com Saturno, o que já foi feito e, a partir daí, com ênfase no dia 11, quando se encontra com Plutão, o que está por fazer. A Lua hoje em Gémeos quadrada a Marte, Neptuno depois de oposta a Mercúrio e a Júpiter ilustra a complexidade e potencias conflitos e confusões desse processo de or-ordenamento da vida a que temos de atender. Grandes ideias não faltam mas vai ser Vénus em Escorpião em sextil a Saturno e a Plutão que nos acorda a paixão regeneradora com que devemos encarar este Solstício e o mês em que o Sol vai estar em Capricórnio.

Imagem: O Sol no Solstício- NASA