Pela tarde a Lua entra em Gémeos e a indecisão toma conta das nossas emoções a menos que nos concentremos em estudar hipóteses, averiguar todos os ângulos possíveis e

evitarmos tomar decisões. Mesmo a possibilidade de fazer algo que sare feridas antigas apoiada no sextil entre a Lua e Quíron em Carneiro acaba por não obter grandes resultados porque Marte regente do Carneiro está em Touro em quadratura a Vénus em Aquário cujo regente Urano está também em Touro, em recepção mútua. Isto traduz-se em exercícios de vontade que não encontram os ecos desejados e nos obrigam a repensar os valores que queremos defender, as despesas que queremos fazer, os investimentos que acreditamos ser rentáveis. Outro sinal de que o melhor a fazer é tratar dos assuntos pendentes ou banhados em confusões é Mercúrio, regente dos Gémeos onde está a Lua, retrógrado em Peixes o que nos diz que não vale a pena ter pressa em seguir novos rumos porque primeiro há que afinar o que ainda estiver tosco.  São por isso muitas as disparidades entre o que se sente hoje, múltiplas possibilidades que se intuem, mesmo incerteza sobre o rumo  que se deve seguir. A única certeza é uma certeza de fundo, a longo prazo, de que estamos num complexo processo de mudança que pede pragmatismo e determinação. É isso que hoje é díficil de assumir, por isso mesmo o melhor é adiar decisões radicais e avaliarmos bem o passo a passo.