Durante todo o fim-de-semana o que está em causa é conseguir ter satisfação com as iniciativas que tomarmos. Não vai ser fácil. Tanto sábado como domingo a Lua está em Carneiro signo em que nos impele a agir. Queremos que as coisas aconteçam, ambicionamos acção e respondemos tempestuosamente tanto à doçura como a provocações. Podia ser que nada travasse esse espírito combativo com que nos lançamos no fim-de-semana mas não.. a Lua faz quadratura a Saturno e a Plutão em Capricórnio e ainda oposição a Marte em Balança. Resultado regras, obrigações e forças maiores que bloqueiam a acção e as discussões são inevitáveis com quem tivermos acordos ou parcerias.

O que salva o fim-de-semana são os bons aspectos do Sol e Mercúrio em Escorpião a Saturno e a Plutão em Capricórnio. Isto quer dizer que temos a oportunidade de investir a fundo e a longo prazo na alteração das condições existentes que necessitam ser restruturadas. Como o Sol também faz trígono a Neptuno em Peixes há uma inspiração que nos guia e que não é difusa já que Neptuno também faz sextil a Saturno. Assim, a evitar tanto sábado como domingo é o impulso de agir sem pensar nas consequências ou se essa iniciativa faz sentido dentro de um plano maior das coisas. O instinto desta vez não é bom conselheiro…

 

 

Anúncios