Nada melhor para um dia de São Valentim do que um trígono da Lua em Escorpião a Mercúrio e Neptuno em Peixes e um sextil a Júpiter em Capricórnio! Os sentimentos  têm um só destinatário, são intensos e somos capazes de os comunicar com sensibilidade e generosidade.  E se for caso de pedido em casamento, será em grande e em público com Marte em Sagitário em  sextil ao Sol em Aquário. No entanto nada é ligeiro com a Lua em Escorpião mesmo se os seus aspectos a outros planetas são suaves. Há sempre passionalidade, a necessidade de ir ao fundo das questões, controlar o possível e o impossível e desconfiar de tudo o que não é exactamente do nosso agrado. Esta Lua obriga-nos também a eliminar o que está estagnado e não serve mais o nosso propósito de evolução, desde deitar fora roupa velha dos armários a cortar dependências emocionais para dar lugar a relações mais saudáveis. A lição da Lua em Escorpião é que só podemos controlar a nossa própria compulsividade mas hoje com os bons aspectos a Mercúrio e Neptuno, a intensidade emocional vem embrulhada em palavras e nuvens românticas…

Imagem: Cupido emTriunfo de Galatea, Raffael