Energia para a Semana 7/14/21-VI : OS ENAMORADOS

Por Clara Days:

Palavras-chave: polaridade; atracção; dualidade; confiança

Que amor quero para a minha vida? Em traços gerais, diria que há o que replica e o que frutifica. O amor que replica é o espelho, a zona de conforto, a acomodação. O que frutifica é mais difícil de encontrar e de manter vivo, mas tão mais produtivo… O que me atrai no outro é mais a diferença do que a semelhança, é a oposição que complementa, o contraste que desafia. Na verdade, é de dois diversos que nasce um novo ser e essa é a lei da natureza. Assim quero também o resto da minha vida: contrastada, polarizada, feita de decisões, encontros, riscos, colaborações.

O amor é o que faz o meu coração bater mais depressa, os meus olhos brilharem mais, acordando o desejo de experimentar, de arriscar, de levar ao cume o espectro dos meus sentidos e dos meus sentimentos. Pode ser por uma pessoa, por um animal, por uma ideia, uma causa, uma profissão, uma tarefa…Nem sempre se encontra, mas quando se encontra, reconhece-se imediatamente. O coração, ou a intuição, ou sabe-se lá o quê de anjo ou besta em nós reconhece imediatamente um amor que acorda na nossa vida. Depois, há que ter coragem, pois amar é um risco, sempre. Implica decisões, mudanças, conflito, exaltação. Precisa às vezes de mediação, de apoio, traz frequentemente uma dose de sofrimento, mas só quem ama está plenamente vivo. Até onde estou disposto a ir, por amor?

É certamente o impulso que me move a ir mais alto, mais longe ou mais fundo. É o que me permite enfrentar tudo e todos, se for preciso, encontrando em mim forças que desconhecia. É o que me transforma num ser de luz e cor, vibrando na vontade de fazer coisas novas, de acreditar que impossíveis se possam realizar. Viver em estado de amor cansa, mas anima.Depois, há o amor próprio. Dentro de mim há também contrastes e conflitos internos, é da natureza humana. Como vivo a minha dualidade, quando a vida se torna complexa e preciso de decidir? Tem de ser com amor próprio, se quero caminhar na luz. Sem ele, sou engolido pela minha sombra…Em tudo o que se escreva, tudo o que se diga sobre o amor, haverá sempre a coisa e o seu contrário, a polaridade e a atracção, as decisões, a confiança, a força que leva ao progresso. Tudo o que falemos do amor nunca o conseguirá descrever plenamente… O amor não é para encerrar, para coartar ou reprimir; é para alimentar, para fazer crescer, é para viver.

Imagem : Zillich Tarot, de Christine Zillich, 2018

Clara Days

One thought on “Energia para a Semana 7/14/21-VI : OS ENAMORADOS

Add yours

  1. Como sempre as palavras de Rosita Iguana e Clara Days batem sempre muito fundo em minha alma, obrigada por dividir sua sabedoria e conhecimentos . O dia parece não ter clareza até eu ler seus e-mails. Gratidão!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: