Entre eclipses, sobem as tensões e as confusões. O mês será difícil.

Semana de 31 de Maio a 6 de Junho: O título não é animador mas, prevenidos ou atentos, talvez seja possível ganhar alguma distância face à efervescência emocional, individual e colectiva, que os aspectos planetários deste mês suscitam. Tudo se passa num contexto de contestação que dura todo o Junho, com uma quadratura entre Saturno em Aquário e Urano em Touro. Ninguém parece querer aquilo a que tem de estar sujeito. É o segundo pico de revoltas este ano- a primeira foi em Janeiro/Fevereiro- e haverá uma terceira vaga em Dezembro. A data exacta será 14 de Junho mas todo o mês a tensão entre ambos os planetas será contabilizável.

Com Plutão retrógrado em Capricórnio e Saturno – que rege-Capricórnio- retrógrado também na sua outra morada de Aquário, o cenário é o da inevitável revisão das regras, limites e responsabildiades colectivas, impostas ou auto-reguladas. Só que o que nos foi imposto está sujeito a franca revelia pela quadratura de Urano que exige liberdade, inovação, outros valores a determinar os princípios de organização politica e social .

Neste arranque do mês de Junho, com o Sol conjunto ao Nódulo Norte, Mercúrio retrógrado e Vénus, todos no signo de Gémeos, a comunicação e o movimento são a chave dos problemas e das tentativas de solução. Com Mercúrio retrógrado estamos também a ter de rever matérias pendentes, a correspondência ou burocracias ou escritas ou contas em atraso mas … já desde o final da semana passada que Mercúrio e Vénus estão em quadratura a Neptuno em Peixes e isto torna particularmente difícil chegar a alguma conclusão, podermos acreditar no que ouvimos ou sermos capazes de exprimir claramente o que pensamos. No entanto, é essa clareza de propósito que nos é pedida já na segunda-feira, com Sol e Nódulo Norte conjuntos, em trígono pela manhã à Lua em Aquário. A Lua pela tarde, depois de uma conjunção a Saturno entra em trígono a Mercúrio e a Vénus e é mais fácil encontrar ecos empáticos do que pela manhã. Como Mercúrio está retrógrado, acaba por fazer quadratura a Neptuno até 20 de Junho mas o período de maior confusão ocorre na primeira semana deste mês. Fazer uma correcta interpretação dos factos parece quase impossível e esperar até ao fim do mês para chegar a conclusões pode ser vantajoso.

Também toda a semana Marte está em oposição a Plutão e este é outro aspecto violento em que a defesa do que é pessoal, íntimo, familiar, tradicional, se confronta com forças maiores de mudança. Mais ainda, o trigono de Marte a Neptuno carrega de ideologia, ilusão ou fantasia todos os actos de afirmação ou auto-protecção que instintivamente forem levados a cabo. Não estamos a ver claro nem a agir com racionalidade..

Mais estabilizador é o trígono do Sol a Saturno no dia 3, quinta feira, dia em que também Vénus faz trigono a Júpiter e a Lua em Peixes faz conjunção a Neptuno, trígono a Marte e sextil a Plutão. É o dia da semana em que podemos sonhar que está tudo bem para logo no dia seguinte percebermos que talvez não seja assim..

Sexta e sábado a Lua em Carneiro primeiro conjunta a Quíron e de seguida quadrada a Marte e a Plutão faz-nos sentir na pela as consequências de impulsos, acções irreflectidas, desejos desadequados às circunstâncias. E ao entrar em Touro no domingo onde se vai encontrar com Urano, temos de estar preparados para surpresas que podem não ser as melhores dada om pano de fundo da quadratura de Urano a Saturno que a Lua vai activar.

Estamos numa semana entre o eclipse da Lua Cheia em Sagitário no dia 26 de Maio e o próximo eclipse do Sol na Lua Nova de Gémeos no dia 10 que ocorre a 19.50 graus de Gémeos, em órbita da quadratura a Neptuno. Nos eclipses da Lua são as emoções que se clarificam, nos do Sol são as situações que passam de um estado para outro estado diferente. Uma vez mais, por se dar em Gémeos, a comunicação será chave na abertura deste novo ciclo que o eclipse e a Lua Nova trazem. Mas não esqueçamos tambem que Mercúrio está retrógrado e que o aspecto a Neptuno é melhor para a comunicação poética do que para contas certas ou contratos claros…

Em resumo, um mês de alta tensão, confusão, potencial violência e em que todo a atenção deve ser dada a terminar tarefas pendentes, clarificar dúvidas e ter paciência para esperar para agir em tempos menos conturbados.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: