Depois do “apagão”- tarefas e reflexão..

A semana começa com uma eclipse total da Lua em Escorpião na madrugada de segunda-feira- visível em Portugal por volta das 5 da manhã, – eclipse esse que simbolicamente nos encoraja a deixar para trás dependências emocionais ou materiais para abraçar com sentido prático novos valores como indica o Sol, Nódulo Norte e Urano em Touro. Mas a tarefa não é fácil, nem psíquica nem fisicamente. Um travão- Saturno – espreita em quadratura a Lua e o Sol e também bloqueia em semi-quadratura Vénus- regente do Touro- conjunta a Quíron em Carneiro.

Apesar do “apagão” que o eclipse provoca e da resistência inerente que possamos sentir às mudanças que ele propõe, porque Plutão está em Capricórnio, em trígono ao Sol e em sextil à Vénus, assim como a Marte e Neptuno em Peixes, essas transformações por mais difíceis que sejam, são irreprimíveis e fazem parte do processo que até 2023 se desenha na trajectória dos Nódulos Lunares: o Nódulo Norte que indica o caminho do Touro, vindo do Sul- o que já era adquirido e tem de ser transformado – que reside no Escorpião. Este é o terceiro dos eclipses neste eixo- o primeiro foi em Novembro do ano passado, o último a 30 de Abril e os próximos a 25 de Outubro, 8 de Novembro, 5 de Maio e 28 de Outubro de 2023. Em termos colectivos, o Escorpião simboliza as finanças e o Touro a economia, ou também as guerras por poder e a força da natureza. Veremos certamente daqui até ao final de 2023 mudanças profundas nestas áreas pontuadas pelos semáforos que são os eclipses.

Assim, esta semana, passado o eclipse, e na rota decrescente da Lua até à próxima Lua Nova no dia 30, a 9 graus de Gémeos, temos vários temas a que dar atenção. Em primeiro lugar está a retrogradação de Mercúrio que será o regente dessa Lua Nova e que fará a sua conjunção superior- invisível ao Sol no final da semana, dia 22 para entrar directo a 4 de Junho. Como queremos progredir, o que nos falta resolver, quais são as burocracias, tarefas, comunicações sem as quais não haverá andar para a frente no futuro próximo? Em segundo lugar como traçar limites à sensibilidade- ou à contaminação por Covid- com Marte conjunto a Neptuno em Peixes? Em terceiro, porque Vénus em Carneiro- regida por Marte está desconfortável nesse signo e frustrada pela conjunção a Quíron, seremos capazes de sair do desejo cego e procurar entendimentos e harmonia para conseguir formular os novos valores que as emergias em Touro que ela rege pedem?

Estes trabalhos são a médio prazo mas estão em cima da mesa. Já na segunda, terça e metade de quarta, a Lua em Sagitário pede-nos a verdade, que ouçamos a voz do espírito, que nos interroguemos sobre como nos estamos a expandir, que alarguemos horizontes de conhecimento e sabedoria. É tempo de viagem iluminada mas para onde vamos apontar a flecha do Sagitário? Júpiter seu regente já está em Carneiro a pedir acção mas com Marte conjunto a Neptuno vemos diluídas as intenções. Essa conjunção é exacta dia 18 e a vulnerabilidade pode ser grande.

No entanto, não fosse a persistente quadratura de Saturno ao Nódulo Norte e ao Sol, esqueceríamos a repressão que a nível colectivo se faz sentir e que se sobrepõe, como na China, à busca de soluções novas para o virus com o impacto global sobre a economia e comércio que isso representa. Quinta e sexta, a Lua em Capricórnio chama-nos a atenção para a destruturação em que nos encontramos e a sua conjunção a Plutão a meio de sexta-feira põe o dedo em muitas das feridas de organização pessoal, política ou mundial que estamos a viver. Que sistema adoptar para o bom governo das coisas? Têm de mudar e a ambição ou insegurança têm de se revistas. Interrogámo-nos-nos sobre o impacto de tudo isto nas nosss vidas colectivas, sábado e domingo, conscientes dos limites e responsabilidades que sobre nós se abatem com a Lua conjunta a Saturno no domingo, quadrada a Urano e aos Nódulos, numa encruzilhada choque que temos de entender tanto racional como intuitivamente, logo de seguida e no arranque da próxima semana com o Sol a entrar em Gémeos e a Lua em Peixes- quadratura, tensão, cuja resolução tem de ser pragmática porque Mercúrio retrógrado volta também nesse dia a Touro..

Uma boa semana!

Pintura de Geogia O´Keefe

E se lê estes posts com regularidade, porque não apoiar o trabalho e os custos de manutenção do site?

CONTRIBUA AQUI PARA ESTE SITE



ABERTAS AS INSCRIÇÔES PARA OS NOVOS MÓDULOS

1- ASTROLOGIA ÀS SEGUNDAS – às 21 horas- Aulas temáticas por Zoom

Duração 1.30H

Limite de inscrições.

Cada aula 10 euros

Inscrição prévia por mail.

Estrutura do Curso- em doze semanas, planeta a planeta o objetivo é explorar a sua simbologia, a ligação aos signos e as casas do horóscopo assim como as chaves de interpretação.

Cada participante pode ao inscrever-se enviar o seu horóscopo e dizer que pode ser usado como exemplo na aula.

Dúvidas etc: rositaiguana@mac.com



2- AULAS DE TÉCNICA DE LEITURA DE HORÓSCOPOS ÀS QUARTAS ÀS 21 Horas: por Zoom.

Duração 1.30H. Inscrição por mail rositaiguana@mac.com.

Cada aula 10 euros. Pode enviar o seu horóscopo se quiser que seja usado como exemplo na aula.

Dúvidas etc: rositaiguana@mac.com

———————————————————————

PARA MARCAR CONSULTA: rositaiguana@mac.com

——————————————-

R.I- 15-22/5/22

2 thoughts on “Depois do “apagão”- tarefas e reflexão..

Add yours

  1. Linda leitura, muito obrigada! Que Deus lhe acompanhe sempre em seus caminhos e que esse seu trabalho continue sendo tão especial como o é! Gratidão!

    Um forte abraço,

    Yasmin

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: