Pesquisar

Céus!!! Rosita Iguana

Os Astros dia a dia

Etiqueta

Lua trígono a Marte

Sexta, 19/9- O centro das atenções

Hoje podemos tirar o melhor partido da vida, afirmar a nossa identidade, criatividade, verdade, com confiança ou mesmo coragem graças ao trígono da Lua em Leão a Marte em Sagitário. Abrir horizontes, seduzir audiências e apostar no cavalo certo são exemplos desse aspecto. No entanto, a Lua em Leão – que aspira a estar no centro das atenções – também faz um quincúncio a Neptuno em Peixes o que nos faz sentir como o orgulho, carências emocionais ou desejo de reconhecimentos não são compatíveis com os ideais elevados que pretendemos defender. Como o Sol está em Virgem, mais difícil se torna gerir a dissonância entre a atenção crítica a qualquer falha ou problemas funcionais e o desejo de ignorar ninharias. No fundo trata-se de sermos capazes de dominar as tendências egocêntricas e um semi-sextil de Saturno em Escorpião ao Nódulo Norte coloca-nos em situações e relações que nos obrigam a eliminar comportamentos, dependências ou relações limitadoras da evolução para encararmos, da melhor forma, novas organizações e estruturas partilhadas de futuro.

astro_w2gw_125_carta_do_dia_hp.52560.32380

Anúncios

Quarta, 23/7- Ser e fazer…em grande

Muitos contactos, conversas ou opções de entendimento que nos encorajam a pensar que lideramos os processos ao mesmo tempo que demonstramos empatia e queremos viver as fantasias sonhadas: é este o potencial do dia de hoje com a Lua em Gémeos a alimentar curiosidade e desejo de variedade, seja através de estudo, conhecimentos, viagens ou diálogos e com o Sol em Leão conjunto a Júpiter a fazer de cada um de nós o maior e único detentor da verdade. Um trígono de Vénus em Caranguejo a Neptuno em Peixes é o que nos leva a encontrar segurança nos sonhos e a querer trazer para a esfera doméstica ou familiar romance e espiritualidade.
A presença do Sol e de Júpiter conjuntos em Leão traz a determinação dramática para fazermos exactamente o que queremos e o trígono hoje da Lua em Gémeos a Marte e Nódulo Norte em Balança facilita as negociações para levarmos por diante a nossa ideia de como deve ser feita a gestão dos imensos conflitos em curso com Saturno quincúncio a Urano, na senda das quadraturas de Urano a Plutão e da grande cruz de Abril. Em simultâneo, um grande trígono de Água entre Saturno em Escorpião, Mercúrio em Caranguejo e Quíron em Peixes carrega de emoções e dor todo o uso e abuso de poder, mesmo que tenha por objectivo defender racionalmente a segurança básica ou os princípios fundamentais de existência. Amanhã tudo se torna ainda mais emocional porque a Lua sai do mental Gémeos para se juntar a Vénus e Mercúrio em Caranguejo exacerbando os sentimentos de pertença a uma família, uma tribo, uma nação. Estamos a caminho de uma nova maneira de afirmar a vontade, com menos consideração por acordos e mais ênfase nos interesses a defender- com a Lua nova de sábado próximo em Leão e Marte a entrar em Escorpião a fazer-lhe quadratura. Mas não esquecer que a única via válida será a do diálogo e concertação dada a presença até ao final de 2015 do Nódulo Norte em Balança.

A tela é de Salvador Dali (1904 – 1989). Chama-se ” O guardador de Leões”

astro_w2gw_125_carta_do_dia_hp.61101.41349

Segunda, 16/6- Empolgamentos refreados

É complicado controlar nervos, excitação, empolgamentos ou comportamentos erráticos depois de um fim de semana particularmente forte ou até violento no que respeita à alteração do status quo de relações, situações domésticas, profissionais, partidárias, políticas ou estruturais. Há novos poderes e valores que surgem dessa mudança de paradigmas e seja para os que dominam seja para os que são dominados, a tensão a electricidade estão no ar com a Lua em Aquário em trígono a Marte em Balança, com este ainda em oposição a Urano, quadrado a Plutão e Jupiter- ver artigo de ontem se quiser saber mais sobre esta grande cruz e a quem afecta pessoalmente.
No entanto, as emoções fortes que projectamos nos relacionamentos a dois ou em grupo, a ligação ao colectivo em que aspiramos participar ou que queremos transformar — pelo aspecto da Lua a Marte e signos envolvidos- atenção aos entusiastas do futebol- vão ser refreadas pela quadratura da Lua a Saturno em Escorpião.Estabelece-se a dúvida, há que fazer cálculos e acabamos por ter de nos submeter à lei do mais forte e à necessidade de ter em conta a posição alheia em vez  de ir em frente com projectos espontâneos.
O facto é que não é ainda o tempo de se perceber exactamente quais vão ser as consequências dos efeitos de Marte durante o fim-de-semana. Mercúrio está retrógrado até ao início de Julho e também Saturno e Plutão estão retrógrados, o primeiro até Julho e o segundo até Setembro, pondo o foco no muito que há ainda que re-avaliar antes que o curso seja claro.
Dentro de 15 dias, na primeira semana de Julho, o Sol estará em Caranguejo a activar a quadratura de Urano a Plutão, já com Mercúrio directo . Nesse momento veremos já algumas mudanças activadas agora e reveladas desde Abril. Hábitos, instintos, casa, família ou nacionalismos vão ter de ter nova cara e há que ganhar nova confiança. Até lá é trabalho de preparação.

A imagem é um detalhe da pintura mural em Miajadas, Espanha pelo artista Escif para o Festival Insitu. Chama-se ” Bom tempo para uma revolução”.

astro_w2gw_125_carta_do_dia_hp.70510.5957

Quarta, 14/5- Lua Cheia de confrontos e mudanças

Queremos mudar, não conseguimos mudar tudo o que queremos, há que negociar forte, garantir a segurança, ter cabeça fria, sentido de responsabilidade e estar pronto a abrir mão do passado para ganhar no futuro. Melhorar as condições em casa, em família, na nação, nas relações, nas finanças ou no mando, é o que está em causa hoje. O desejo de dominar a situação é intenso os limites não podem ser ignorados e há que estar preparado também para golpes de sorte ou azar enquanto apostamos que tudo vai correr bem. Sentimos na pela a  oposição entre a necessidade de manter a cabeça fria e a vontade de ter chão sólido para pisar, sem cedências-  tudo isto são ilustrações possíveis dos trânsitos deste dia de Lua Cheia em Escorpião e não só….
De facto, são muitos e fortes os aspectos hoje e complexo o resumir da sua interacção. Trata-se certamente de um dia em que vamos sentir bem a diferença entre o que nos move e as posições alheias e estamos assim divididos porque algo acontece que nos leva a uma nova fase de relacionamentos amorosos, profissionais, políticos, contratuais ou financeiros em que temos de abrir mão de garantias passadas e procurar novas bases de segurança familiar, doméstica, nacional, cheios de boas intenções mas limitados pelas circunstâncias ou poderes maiores. A Lua está cheia em Escorpião, oposta ao Sol em Touro, daí o confronto entre o querer materializar e a dependência das posições dos outros para o fazer. A Lua em Escorpião é intensa, passional, quer controlo total das situações, não arrisca perder e é a mais defensiva, corroendo-nos as entranhas com sentimentos profundos, pulsões e respostas instintivas de defesa muitas vezes contrárias ao que de facto se deseja. Esta Lua está hoje conjunta a Saturno e trígono a Júpiter o que aumenta a complexidade emocional já que a conjunção a Saturno traz o peso das obrigações a respeitar e a pressão externa que nos impede de exprimir ciúme, medo, paixão ou qualquer sentimento visceral. Por seu lado, o trígono da Lua a Júpiter em Caranguejo enche-nos à partida de pensamentos positivos que vão sofrer o balde de água fria de Saturno ou pelos menos têm de ser cuidadosamente reformulados tendo em vista as circunstâncias. Como pano de fundo, Plutão, o regente de Escorpião está em Capricórnio a obrigar o mundo inteiro a re-estruturar poderes e hipotecas e tudo o que nos organiza e de que dependemos no longo prazo. Plutão e Urano em Carneiro estão ainda em quadratura desde a Lua nova e eclipse de Touro do final de Abril e Vénus está hoje conjunta a Urano, quadrada a Plutão, a empurrar-nos para novas situações, relações, finanças e acordos, de forma fogosa ou no mínimo muito intensa. Isto acontece em simultâneo com a Lua Cheia o que reforça o potencial de tumulto interior e transformação exterior. Como Mercúrio em Gémeos faz um quincúncio a Plutão, os processos de comunicação ou negociações vão ter um papel importante neste dia que cristaliza tanto do que se tem vindo a desenrolar. Um quincúncio é a combinação de uma quadratura e de um sextil o que significa que se formos ao fundo das questões a debater ou negociar, não deixarmos pedra por virar nem moeda por negociar temos a oportunidade de avançar com as mudanças a que os trânsitos de hoje incitam .

A tela é do pintor veneziano Tiziano 1488–1576 e representa Francisco I rei de França e o Sultão Otomano Suleiman pintados originalmente em telas separadas.

astro_w2gw_45_carta_do_dia_hp.55601.10514

Sexta, 3/1- Fazer balanços, discutir futuros, respeitar limites

O que há a fazer hoje é respirar fundo e pôr tudo em perspectiva, aliviados da pressão do final do ano, capazes de fazer balanços do ano, inovar e de procurar soluções colectivas. Estabelecidas novas rotinas, podemos estar preocupados com o meio ambiente, as questões sociais, as sortes do mundo mas face ao impessoal temos a capacidade de fazer opções pessoais e redefinir equilíbrios graças à presença da Lua em Aquário em trígono a Marte em Balança. O optimismo e desejo de criar bases de segurança ou de partilhar conhecimentos que a todos beneficiem vem da oposição de Mercúrio em Capricórnio a Júpiter em Caranguejo e o debate sobre as estruturas ideais para montar casa, organizar o país ou resolver quaisquer crises em curso pode atingir novos níveis de empolgamento, o que não quer dizer que tenham grandes consequências….. a quadratura da Lua a Saturno em Escorpião pelo final do dia dá o mote para nos mantermos dentro dos limites estabelecidos, respeitando compromissos ou a necessidade de atendermos às exigências externas.

astro_w2gw_45_carta_do_dia_hp.57707.52178

Quarta, 11/9- Iniciativas, logros e tensões

Hoje é dia de tomar iniciativas para o futuro, mostrando claramente qual é o nosso propósito junto de contactos pessoais, financeiros ou diplomáticos. No entanto as respostas podem ser confusas ou não perceberem bem o que pretendemos. Os enganos podem acontecer por acso mas também podemos ser enganados sem darmos por isso. Deve-se isto à entrada da Lua em Sagitário a fazer um trígono a Marte em Leão, um sextil a Mercúrio em Balança e uma quadratura a Neptuno em Peixes. É esta quadratura que, aliada ao quincúncio de Mercúrio a Neptuno contribui para um clima de tensão face ao potencial de enganos ou decepções nos contactos. É fundamental esforçarmo-nos por ser claros e definir limites, sempre difíceis para os signos em jogo. No caso da Síria, a proposta russa de que a Síria entregue as armas quimícas e as dificuldades de verificação de tal facto inserem-se muito bem nestes aspectos a Neptuno, regente das armas quimícas e também do petróleo.
Dois outros aspectos que já duram há alguns dias e se vão ainda prolongar em Setembro são a conjunção de Saturno ao Nódulo Norte em Escorpião indicador sério de que há que reformular profundamente estruturas políticas e financeiras e poderes partilhados tendo em conta o longo prazo e o quincúncio de Marte em Leão a Plutão em Capricórnio, causador de tensões violentas mas que no final nos quer ensinar que mesmo que pensemos que tenhamos razão – ou que sabemos como se devem fazer as coisas,- não é possível lutar contra as marés, apenas orientar a navegação.
O resultado de todas as tensões em curso só será estabilizado em 2015 quando terminar a série de quadraturas exactas entre Urano em Carneiro e Plutão em Capricórnio que começaram em 2012 e que terão em Outubro e Novembro mais um momento alto de ilustração dos conflitos de interesse e de poder em jogo, em casa ou no mundo.

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: