Pesquisar

Céus!!! Rosita Iguana

Os Astros dia a dia

Etiqueta

Lua trígono a Plutão

Sábado e Domingo, 10 e 11/1/15- Tempos difíceis, defender princípios

Continua grande a tensão entre o poder e a liberdade, entre as mudanças de fundo e as atitudes erráticas, entre o desejo de controlo e o impulso de acção, sempre sob o peso da frustração da vontade, apesar da análise cuidada da situação. Em semi-quadratura a Plutão em Capricórnio e a Urano em Carneiro – que estão em quadratura até Abril, -está Marte em Aquário a estimular a expressão pública do querer num quadro das plutonianas transformações inevitáveis nas estruturas domésticas e colectivas, catalisadas pelos repentes de Urano que tudo alteram de forma súbita, chocante, libertadora de situações estagnadas. Marte está também em sesquiquadrado ao Nódulo Norte, o que dá a sensação de que apesar da saída passar pelo diálogo, é impossível fazê-lo. A Lua em Virgem estimula o sentido crítico, análise detalhada e o trabalho minucioso e o seu trígono a Plutão ajuda ao discernimento e lógica no processo de mudança.
Sabemos e fazemos o que é importante mas não deixamos de ter dúvida sobre as opções tomadas com o Sol em Capricórnio em semi-quadratura a Neptuno em Peixes. A comunicação e os contactos são a chave do dia com Mercúrio em paralelo a Vénus, ambos em Aquário- as relações colectivas, a nossa relação com o colectivo, o debate e a voz social devem, em sextil a Urano, ser uma expressão de liberdade. Mas Marte avança para uma quadratura a Saturno em Sagitário e estamos presos pela censura, princípios estruturastes, limites à expansão ou batalhas legais. Tudo pede muita consciência para distinguir o que há mesmo que defender.  No domingo, depois do meio dia GMT, a Lua entra em Balança e faz bons aspectos a essa voz social com um trígono a Mercúrio e Vénus em Aquário e o desejo de paz e equilíbrio, nas relações pessoais, sociais, financeiras é o que nos move e queremos definir como princípios orientadores, já que a Lua faz então um sextil a Saturno em Sagitário. Será de pouca dura esta pulsão de harmonia já que segunda feira a Lua activa a quadratura de Urano a Plutão e Marte chega à semi-quadratura exacta. Vamos aproveitar o domingo para nos posicionarmos para mais uma etapa de transformação na segunda.

astro_w2gw_125_carta_do_dia.65400.10215

astro_w2gw_125_carta_do_dia.65421.11903

Anúncios

Sábado e Domingo, 13 e 14/12- Espírito ao alto e atenção ao detalhe

Todo o fim de semana podemos beneficiar da capacidade de bem atendermos a todos os detalhes de organização necessários para enquadrar as mudanças em curso ou os preparativos, seja de Natal, seja das transformações inevitáveis na estrutura de vida. Não podemos esquecer as notas de rodapé com a Lua em Virgem sábado e domingo, a acrescentar um olhar crítico, na leitura que fazemos  da vida,  à urgência e intensidade com que temos de ir ao fundo das questões – devido ao trígono que faz a Plutão, em Capricórnio. Como Urano e Plutão estão em plena quadratura, no mundo ou em casa, as perturbações são de esperar- mais um episódio das crises em curso desde 2012, mais um avanço na reorganização do que já não tem hipótese de futuro. A melhor atitude é a de focarmos nas sementes do que pode vir a ser uma nova forma de estar e estarmos prontos para largar dependências, hábitos, situações estagnadas. O discernimento da Lua em Virgem certamente ajuda, no sábado, à avaliação dessas mudanças para, no domingo, um trígono do Sol em Sagitário a Júpiter em Leão trazer algum optimismo quanto aos potenciais resultados. É preciso não esquecer que Urano e Plutão vão estar em quadratura até finais de Março de 2015 e é nesse pano de fundo de mudanças radicais que tudo o resto vai jogando. Júpiter está retrógrado em Leão agora e até Abril o que nos deve fazer olhar para dentro e re-avaliar as projeções do ego e do crescimento financeiro enquanto Saturno que entra dia 24 de Dezembro em Sagitário transita agora os últimos graus do Escorpião mostrando o que ainda falta fazer na reorganização de dívidas, ónus e encargos emocionais e financeiros, na gestão do que são questões que sentimos ser de vida e de morte.

Nestes dois dias Vénus em Capricórnio, pragmática e previdentemente completa, com a dedicação á arrumação dos assuntos, o que a Lua em Virgem pressente ser a agenda correcta enquanto um sextil a Neptuno em Peixes acrescenta idealismo ou fé às acções práticas. Fazemos bem e com cuidado o que temos de fazer porque assim o pedem as circunstâncias e damo-nos ao trabalho imbuídos de ideais ou compaixão. Aliar o espírito à matéria nas mudanças de fundo sem perder o sentido prático e procurar ter um impacto positivo em nossa volta, com Marte em Aquário em semi-sextil a Neptuno, é o que os astros sugerem este fim de semana.

astro_w2gw_125_carta_do_dia.54605.13474 astro_w2gw_125_carta_do_dia.54616.14074

Sexta, 10/1-Envolvidos no bem estar

Tal como ontem  o que nos ocupa é o conforto e segurança em casa ou em ambientes familiares e tudo fazemos para o atingir desde compras a melhoramentos ou mesmo grandes obras. A Lua está ainda em Touro em trígono sucessivamente ao Sol, Vénus e Mercúrio até ao final da noite o que permite a tal procura persistente e metódica de bem estar através da transformação das estruturas envolventes. Queremos que as nossas circunstâncias nos envolvam em riqueza, paz, estabilidade, abundância etc, graças a um sextil da Lua a Júpiter em Caranguejo e um contraparalelo de Mercúrio a Júpiter abre as portas do diálogo, conhecimento e expansão das bases de apoio mas não podemos ir longe demais –  pela madrugada de sábado, uma oposição a Saturno em Escorpião lembra que não estamos sózinhos e há que ter em conta os limites e obrigações externas assim como o peso de dívidas ou dependências antigas que há agora que honrar.

astro_w2gw_45_carta_do_dia_hp.65122.15966

Quinta, 9/1- E que nada nos falte…

O que procuramos hoje é a segurança e conforto físicos e materiais e teimosamente faremos tudo para resistir a mudanças ou garantir o bem estar. Encontrar a paz idealizada ou o ambiente doméstico e decoração perfeita assim como ter a certeza que nada nos falta é o que pede hoje a Lua em Touro em sextil a Neptuno e a caminho de um trígono a Plutão em Capricórnio e sextil a Júpiter em Caranguejo onde chega pela madrugada de amanhã GMT. Estes aspectos permitem que as mudanças estruturais seja em casa seja no trabalho sejam favoráveis e acabem por se fazer sem esforço. Com o Sol, Plutão, Vénus e Mercúrio em Capricórnio a que a Lua vai afzer bons aspectos hoje e amanhã, temos pela frente um tempo de estabilidade e qualidade de vida, sentido prático e a capacidade de fazer planos a longo prazo assentes em bases sólidas. A ajudar este programa, Mercúrio em quintil a Urano em Carneiro traz a possibilidade de inovar ordenadamente ou de, através de contactos institucionais encetar diálogos que marquem a diferença.

astro_w2gw_45_carta_do_dia_hp.61730.7472

Sexta, 13/12- Avançar, sem medo

A tensão hoje é entre o possível e o ideal, como afirmar a nossa vontade de forma pacífica e aparentemente solidária, como re-equilibrar finanças e relações de acordo com príncipios que deveriam requerer menos assertividade e, simultâneamente, como descodificar a realidade sem medo de confrontos. Marte em Balança exige acção e alteração dos status-quo, a dois, por lei, ou nas contas e o seu quincúncio a Neptuno e activação da quadratura de Urano a Marte pedem respeito pelos ideais orientadores mas forçam a barra exigindo resultados transformadores. As águas de Neptuno tendem a turvar a visão da realidade mas os restantes planetas e aspectos obrigam-nos a encarar o dito e o não dito, ter iniciativa própria e navegar um mar de mudanças profundas.

Nesse processo, a  intuição pode ter hoje um papel forte desde que não sejamos guiados pelo receio de perder controlo. Com a Lua em Touro, sextil a Neptuno e trígono a Marte sonhamos com a possibilidade de avançar de forma segura nesta maré de mudança. Pelo final do dia e madrugada de sábado, GMT os medos refreados dão lugar à constatação das oportunidades que se abrem e da estabilidade que é possível vir a alcançar a longo prazo, graças a oposição da Lua a Saturno em Escorpião e sextil a Júpiter em Caranguejo. Em resumo, é dia para abrir mão de reservas e controlo, apostar na mudança, afirmando posições mas respeitando limites e circunstâncias. Não é a revolução, é a transformação com base em princípios bem trabalhados, numa navegação cautelosa, sem sonhos nem pesadelos.

astro_w2gw_45_carta_do_dia_hp.55702.11670

Segunda, 25/3- É preciso tempo e distância

Continuamos a deitar contas à vida prontos para algumas profundas transformações estruturais e abertos a outras oportunidades de reforma graças à Lua em Virgem em trígono a Plutão em Capricórnio e sextil a Saturno em Escorpião. A oposição da Lua a Quíron em Peixes põe o dedo nas feridas por sarar e a quadratura a Júpiter em Gémeos leva-nos a ir além do razoável no esforço de convencer o mundo da nossa visão mas não é a altura ideal para se obter sucessos negociais ou popularidade  – o sentido crítico e apurada atenção ao detalhe da Lua em Virgem ajuda à eficácia, mas pode não haver informação suficiente.

A complicar o dia temos dois quincúncios, o da Lua a Marte e o de Marte a Saturno. O primeiro dificulta a nossa consistência emocional porque estimula comportamentos instintivos díspares e reações espontâneas ou de defesa que são contraproducentes. O segundo faz-nos sentir vitímas da vida ou dos outros sem aceitar que também ajudamos a criar os limites que agora queremos rejeitar. Ambos os quincúncios afectam a nossa imagem de nós próprios e pedem clarificação e distância nas respostas a dar.
astro_w2gw_111_carta_do_dia_hp.59623.4092 astro_w2gw_111_carta_do_dia_hp.59623.4092

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: