Pesquisar

Céus!!! Rosita Iguana

Os Astros dia a dia

Etiqueta

Lua trígono ao Sol

Terça, 28/4/15- Mãos à obra e bons resultados

Mãos à obra e sentido prático é o que o dia pede, sem esquecermos que há que inovar depois de pesadas bem as opções. Podemos conseguir resultados muito satisfatórios, curar feridas, ir ao fundo das questões e tratar os problemas pela raíz se conseguirmos simultâneamente ver as folhas e a floresta com a intenção de transformar o sonho em realidade.
A Lua está em Virgem o que dá o sentido crítico e a capacidade de não descurar detalhes quando nos dedicamos ao trabalho. A sua oposição a Neptuno em Peixes pode trazer dúvidas ou confusões mas pode também ser inspiradora para seguirmos ideais, dando o melhor de nós em prol de algo maior, até um romance. O pragmatismo é ajudado por um Mercúrio em Touro cada vez mais sujeito a regras e perspectivas a longo prazo pela aproximação a uma oposição a Saturno em Sagitário. Mas é o grande trígono Lua, Sol em Touro, Plutão em Capricórnio que traz todo o potencial de estabilizarmos as reformas ou re-estruturações em curso, criarmos novos alicerces para as nossas intenções. Vénus em Gémeos em sextil a Urano a Carneiro é o garante que não só vamos inovar como até nos podemos divertir com isso. Tudo o resto são bênçãos com Marte em Touro em sextil a Quíron em Peixes a dar provas concretas de que melhor é possível depois de bem vistas as opções e de sentirmos na pele o que nos é ou não favorável com Vénus em quadratura a Quíron.
Hoje e amanhã há muito que fazer e são de esperar bons resultados.

A pintura é de Harold Harvey, nascido no País de Gales, 1874,  parte da Academie Julien em Paris, protestante convertido ao catolicismo que morreu na Cornualha em 1941. A mulher Gertrude Bodinnar que também era artista está representada nesta tela.

astro_w2gw_75_carta_do_dia.60926.2556

04a483062e95

Anúncios

Sábado, 23/11- O que é está à vista

Entramos no fim de semana a pensar que vai ser de sonho ou apenas sem problemas de maior e não escondemos os sentimentos nem o entusiasmo pela vida. Também não somos superficiais e procuramos estabilidade emocional. É a Lua em Leão, apaixonada e criativa, dramática, orgulhosa e sensível que nos leva a querer ser o centro de todas as atenções. Avançamos sem conflito interior para a demonstração pública de que o pensamos ou queremos corresponde à nossa essência, com o trígono da Lua ao Sol em Sagitário. O que se vê é o que é – e a harmonia interna é o motor deste aspecto que é complementado por um trígono da Lua a Urano em Carneiro- que permite maior espontaneidade e uma quadratura do Sol a Neptuno em Peixes- que favorece fantasias, paixões e metafísica mas também nos pode deixar sem saber bem qual é o sentido final para além do que podemos dar aos outros.

Todos os envolvimentos pessoais ou financeiros são levados a sério e o desejo é que tragam estabilidade, segurança, com Vénus em Capricórnio em sextil a Saturno em Escorpião. Temos de nos centrar no valor que damos seja às relações amorosas seja às questões materiais, ver como enquadrar esse valor nas estruturas em que nos apoiamos ou que nos regem e planear cumprir as obrigações necessárias a alcançarmos esses objectivos de longo prazo.

Mercúrio em paralelo ao Nódulo Norte em Escorpião é o garante de diálogo, negociações ou contactos transformadores em que podemos racionalmente avaliar o que fica e o que vai ser descartado porque sabemos que estamos no caminho certo.
astro_w2gw_45_carta_do_dia_hp.45096.10634

Terça, 18/6- Depois da tempestade….

São muitas as oportunidades hoje e amanhã de fazermos contactos, combinarmos programas, partirmos de viagem ou simplesmente estarmos optimistas e expandirmos os nossos horizontes físicos ou intelectuais. É o Sol e Júpiter que se aproximam de uma conjunção anual, desta vez em Gémeos e hoje a Lua em Balança faz um trígono a esses dois planetas e reagir de forma equilibrada tendo em conta os interesses de todas as partes em qualquer negociação ou procura de acordo. No entanto, a Lua faz também uma quadratura a Vénus e a Júpiter em Caranguejo o que implica que não deixa de haver tensão porque questões domésticas ou nacionais, contabilidades ou inseguranças complicam as relações, principalmente as que tinham já sido sobressaltadas ontem pela tarde ou hoje de manhã pela quadratura da Lua a Plutão em Capricórnio e oposição a Urano em Carneiro.

Com o Sol em paralelo a Vénus a chave está em falarmos do coração e sermos “amorosamente” claros na apresentação das ideias.

astro_w2gw_111_carta_do_dia_hp.74295.25558

Quinta, 30/5- Soluções novas que todos acolham

É possível hoje explicarmos um ponto de vista diferente que sirva os interesses do grupo ou mundo em que nos inserimos. O importante é que as propostas originais possam encontrar eco no colectivo ou sejam a resposta que é necessária aos males de que padeça esse mesmo colectivo. O Sol em Gémeos sextil a Urano em Carneiro e a Lua em Aquário trígono ao Sol são os dois aspectos que contribuem para a importância da clarificação de posições que quebrem os impasses, neste momento charneira pontuado pela quadratura de Urano a Plutão.

O que houver a dizer tem de ser dito com determinação, energéticamente com veemência, quase que a bater com o pé no chão graças ao semi-sextil de Mercúrio em Gémeos a Marte em Touro. No entanto é preciso temperar qualquer tendência para a agressividade mas o trígono que se aproxima da Lua a Vénus e Mercúrio ajuda ao bom entendimento e aceitação.

astro_w2gw_111_carta_do_dia_hp.38521.14142

Quarta, 29/5- Friamente, definir princípios

Entre o passado e o futuro, entre a necessidade de segurança e um mundo sem rede, entre o narcisismo e a cooperação, entre a rigidez e a mudança, temos hoje de acertar agulhas e avançar, friamente, sem confortos, com a Lua em Aquário primeiro quadrada a Saturno e de seguida sextil a Urano e semi-sextil a Plutão. Há que responder a situações de transformação das nossas estruturas familiares sociais ou financeiras com a quadratura de Urano a Plutão e começamos por ter a força de afirmar os nossos valores quando a Lua faz trígono a Marte em Touro.  O trígono seguinte ao Sol em Gémeos permite alinhar a força de comunicação com o o encontrar de audiências mas as respostas podem ser opressivas com o impacto da quadratura a Saturno. Um dos problemas é alguma confusão na definição de conceitos apesar de sabermos que sem eles bem estruturados não vamos a lado algum. Isto porque o Sol em Gémeos está em quadratura a Neptuno em Peixes que por sua vez está e trígono a Saturno em Escorpião.

astro_w2gw_111_carta_do_dia_hp.38498.13247

Segunda, 22/4- Revisão da matéria, contenções várias

Há que ser muito prático hoje, estar atento a todos os detalhes de serviço, fazer todas as contas e em geral não ir atrás de distrações. É preciso atender a relações e às finanças, gastos, poupanças, empréstimos, pagamentos ou então a concretizar projectos que impliquem a criação de novas estruturas de poder partilhado, orçamentos ou contractos ou acordos de administração e funcionamento. Começa assim a semana a pedir organização pormenorizada com a Lua em Virgem em trígono a Marte, Sol e Vénus em Touro e ainda em trígono a Plutão em Capricórnio que por seu lado está em sextil a Saturno em Escorpião.

Apesar de tudo se processar com o objectivo mais ordeiro, os resultados não trazem abundância nem satisfação. Vénus está oposta a Saturno e nunca este aspecto fez mais do que  mostrar os limites das relações, do bem estar e  das despesas.  O sextil de Mercúrio em Carneiro a Júpiter em Gémeos estimula debate e contactos animados enquanto o trígono de Saturno  Neptuno em Peixes permite que idealismos ou ideias confusas sirvam de justificação para as contenções.

astro_w2gw_111_carta_do_dia_hp.22508.16607

Create a free website or blog at WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: