Latest Post

Segunda, 6/7/15- Mudar e desmistificar

Segunda, 6/7/15- Mudar e desmistificar

A semana arranca com uma grande tensão entre segurança e transformação ou o sentido de que estamos entre dois pólos opostos, um, o do Sol em Caranguejo – que quer defender casa, família, país, tradição  e o conforto do que é conhecido – enquanto o outro, marcado por Plutão  – antagónico ao Sol, em grau … Continuar a ler

Classificar isto:

Horóscopo da Grécia

Plutão em trânsito atravessa a linha do descendente deste horóscopo até ao final de Dezembro, enquanto Urano em trânsito fará oposição a Urano natal na Primavera de 2016 e Saturno estará em Setembro de 2015 em trígono ao Sol natal. Claramente tempos de redefinição das estruturas das parcerias, balanço das dívidas e acordos internacionais e afirmação da identidade nacional. O mais complicado será o longo processo de transição derivado dos trânsitos dos planetas lentos.... Neste horóscopo da Grécia a casa IV em Balança, signo da democracia, do equilíbrio e justiça, tem Plutão conjunto à Lua regente do Ascendente Caranguejo e que simboliza bem a revolução democrática, as manifestação que marcaram o fim da ditadura da junta militar a que se seguiu em Novembro de 74 eleições livres e um governo de união nacional- tudo muito Caranguejo e Plutão porque envolveu a invasão de Chipre pelos turcos, ordenada ainda pela junta... A democracia na Grécia fica assim marcada por esta conjunção Lua Plutão para se atingir o cool fiel da Balança- tudo é passional, e tem de ir ao fundo das violências emocionais e não só... O Sol esta a 0 graus de Leão, em sextil a esta Lua/Plutão em Balança, na casa 1, cúspide da II- orgulho próprio e oportunidades de exprimir essa essência- faz sentido astrológico o referendo pedido pelo governo para o primeiro domingo de julho.. As relações com o estrangeiro -que é o que interessa neste caso com a União Europeia,- estão simbolizadas por Urano, regente da VIII e da IX porque ai está o Aquário que Urano rege. Assim, e porque o Urano natal está em Balança na IV, os fundos, dinheiros,empréstimos, poderes partilhados e tratados e acordos internacionais- que são a casa VIII e IX, têm de ser vividos de uma forma original ou de excepção, no terreno grego ou ser fonte de revolução. Urano em Balança exige acordos muito especiais, porque exige liberdade de actuação e a quadratura de Urano ao Sol é o sinal das rupturas com os fundos, poderes e os acordos devido aos valores serem diferentes. Mas Urano faz também sextil a Marte em Leão na 3, um Marte que simboliza a força negocial, a identidade defendida para marcar essa diferença- o que estamos a assistir agora... astrologia em directo... com Jupiter em trânsito a aproximar-se da conjunção exacta a esse Marte, no final de Julho, depois de um sextil a Urano na semana a seguir ao referendo. Como Plutão é o regente da V e Urano da VIII e IX, toda a série de quadraturas de Urano a Plutão em trânsito, desde 2012 e até ao final de 2015, início de 2016, são vividas como tensão máxima entre o sentido de identidade nacional e capacidade de regeneração, com situações de vida e de morte- o Plutão regente da V - a transitar a VI- a casa dos serviços públicos, dos trabalhadores, da organização d estado e os fundos que veem do estrangeiro e os acordos internacionais, Urano regente da VIII e IX, em transito na X em Carneiro, a casa da actuação do governo- que tem tido de aplicar até agora as receitas de choque uraniano em nome da obrigações internacionais. O que muda agora é que Plutão sai da casa VI- onde tem vindo a acontecer a regeneração dos serviços do Estado, para entrar na casa VII , a casa do casamento e neste caso das alianças e dos parceiros e do regime legal que rege as relações. Como Plutão simboliza também as dívidas, porque as dívidas são um assunto do Escorpião pela situação de dependência e poder a que dão origem, estamos a assistir a uma mudança de paradigma- por causa da dívida, não vão mais mudar as organizações dos serviços do Estado, o que vai mudar são as relações do Estado com os seus parceiros, mandando-lhes com o Plutão para cima- a Grécia não quer pagar a dívida, o peso da dívida abate-se sobre as relações, a dívida transforma profundamente a natureza das relações Mas o Plutão só passa pela última vez o Descendente em finais de Novembro. Vem completar a restruturação causada pela sua oposição a Saturno em Caranguejo, em 2014, nos 11 graus, sendo que Saturno é o primeiro regente de Aquário, o peso das responsabilidades colectivas, antes do Urano, o libertador dos pesos que institui novos regimes. Ora em Janeiro de 2015, este ano, foi o primeiro momento em que Plutão esteve nos 13 graus, passando o Descendente, no momento das últimas eleições na Grécia quando o Syriza que contesta as parcerias e os custos da União, ganhou as eleições ao mesmo tempo que Urano estava em quadratura exacta a Plutão e aos eixo ascendente descendente, nos 13 graus de Carneiro! E agora? Agora Plutão está retrogrado, Saturno está retrórado, Neptuno está retrógrado... medem-se forças, capacidade de pagar dívidas, ideologias. O Sol e Marte vão activar a quadratura de Urano a Plutão no primeiro fim de semana de Julho data do referendo sobre as exigências internacionais e também no fim de semana de 12, em que Marte passa o Ascendente. Novo ímpeto de afirmação, podem rolar cabeças, e como Saturno vai estar em quadratura ao tal Marte da força negocial, torna super tensa a afirmação porque surgem bloqueios de todos os lados, com Vénus também ao barulho, em trânsito em quadratura a Saturno em trânsito: dinheiro e simpatia- só com condições. Vénus entra retrograda a 26 de Julho ate ao final da primeira semana de Setembro - dinheiros bloqueados e Urano entra retrógrado a 26 de Julho- a revolução tem de ser interiorizada em simultâneo com o momento em que Marte em Caranguejo faz quadratura a Urano natal- para se fazer o que se sente, pode ter que haver rupturas na ordem das relações E depois vem Agosto com Júpiter em Virgem e Saturno directo, ainda em Escorpião a fazer com que se paguem contas antigas e se resolvam questões de dívidas, com o apoio de ajudas aos serviços, a caminho de Setembro em que Saturno entra definitivamente em Sagitário- o aperto dos juros, os limites ao crescimento econômico, recessão, mas também a importância do saber e da filosofia e Plutão entra directo para continuar a sua lenta mas inexorável tarefa de restruturação das estruturas que nos regem, em que as dívidas, o peso do poder partilhado se sobrepõe custe o que custar, aos poderes lineares. Só em Novembro é que Plutão passa o Descendente da Grécia e só no final de 2019 é que Saturno e Plutão fazem conjunção a 20 graus de Capricórnio inaugurando, com júpiter então também em Capricórnio, o ciclo estrutural que vai servir as próximas gerações. De agora até Dezembro de 2019, é um fim de festa. Olhar para a frente passa por pensar melhor, pensar a longo prazo, é isso que pede Saturno em Sagitário.

NASA- IMAGEM DO DIA

Explosão solar 25 de Junho

José Sócrates e o retorno de Saturno

Saturno é o teste do tempo nas acções e funcionamento. José Socrates tem o seu Saturno natal na casa VIII em Sagitário a pôr-lhe limites e responsabilidades nos bens e poderes partilhados. A Lua Nova de0 graus Sagitário abriu-lhe o caminho do retorno de Saturno, a 8 graus, num processo que até Dezembro de 2015 vai andar para a frente, para trás e de novo para a frente com a entrada de Saturno em Sagitário depois do Natal de 2014, sua retrógradação de meados de Março de 2015 , até Setembro e o acerto de contas em Dezembro de 2015, quando Saturno voltar a sua posição natal e fechar o ciclo que começou no primeiro retorno de Saturno, em 1987, quando foi eleito deputado. Será o fim do seu ciclo político mas apesar das quadraturas de Saturno a Plutão ao Sol e a Marte, Plutão no meio do céu em transito faz trígonos a esses mesmo planetas e Júpiter a partir do Verão entra em Virgem e faz conjunção aos mesmos, o que também beneficia José Socrates, durante um ano, trazendo-lhe no mínimo vitalidade e se calhar até um novo emprego...

ECLIPSE TOTAL DA LUA 8 OUTUBRO 2014

Animação do eclipse total da Lua a 8 de Outubro de 2014, em que a Lua passa pela sombra da Terra de ocidente para oriente. A linha horizontal amarela representa a elíptica. O ponto de luz fixa é o planeta Urano visível com binóculos. Copyright: Tomruen

O BES- História e crise nos astros

Leia na coluna da esquerda nos artigos fixos a análise do horóscopo do BES, a sua história nos astros, os trânsitos e a crise e as perspectivas futuras.

Horóscopo Investidura Rei Felipe de Espanha

Lua conjunta a quiron na 8 quadrada ao sol na 11, será que o povo não lhe reconhece o poder? Agravado por saturno na 4 em escorpião oposto a venus na 10 em touro? e jupiter regente da 8 na 12? A desenvolver...

Juan Carlos: Júpiter e Plutão na vida de um rei

Veja na coluna da esquerda os horóscopos natal, de coroação e de abdicação do Rei Juan Carlos de Espanha. A oposição de Júpiter e Plutão, um aspecto poderoso de contradição entre verdades e poderes está presente em todos eles. Leia, comente, está aberta a discussão...

Uma breve história do cinema vista por Neptuno

O cinema, ondas de ilusão, filtros de realidade, o sonho em ecrã, o mundo virtual, um fluxo intemporal de sensações provocadas pelas imagens projectadas na tela, apanhadas pela retina e captadas pela mente…. o cinema tem um planeta regente e esse é, naturalmente Neptuno. Neptuno é a Água de todas as memórias e fantasias e a Luz que cria a imagem e permite a transcendência do real. Tudo começou com um sonho e a inovação tecnológica...... Leia na coluna da esquerda o artigo " Neptuno e o cinemal"

Portugal Político- das crises de 1926 até agora

Veja na coluna da esquerda, nos artigos fixos, o horóscopo da República e a análise dos trânsitos em acção desde a instauração do Estado Novo até agora. O que esperar a curto e médio prazo com base nos ciclos anteriores na Parte I, Parte II e Parte III.

Jupiter trigono a Plutão Júpiter quincúncio a Plutão Lua activa quadratura Urano Plutão Lua cheia em Peixes Lua conjunta a Júpiter Lua conjunta a Marte Lua conjunta a Neptuno Lua conjunta a Plutão Lua conjunta a Saturno Lua conjunta a Urano Lua em Aquário Lua em Balança Lua em Capricórnio Lua em Caranguejo Lua em Carneiro Lua em Escorpião Lua em Gémeos Lua em Leão Lua em Peixes Lua em Sagitário Lua em Touro Lua em Virgem Lua nova em Virgem Lua oposta a Júpiter Lua oposta a Marte Lua oposta a Plutão Lua oposta a Saturno Lua oposta a Urano Lua quadrada a Marte Lua quadrada a Mercúrio Lua quadrada ao Sol Lua quadrada a Plutão Lua quadrada a Saturno Lua quadrada a Urano Lua quadrada a Vénus Lua quadrado a Plutão Lua sextil a Saturno Lua sextil a Urano Lua trígono a Jupiter Lua trígono a Marte Lua trígono a Mercúrio Lua trígono a Neptuno Lua trígono ao Sol Lua trígono a Plutão Lua trígono a Saturno Lua trígono a Urano Marte conjunto a Urano Marte em Virgem Marte quadrado a Plutão Marte quadrado a Urano Mercúrio conjunto a Urano Mercúrio directo Mercúrio em Leão Mercúrio quadrado a Marte Mercúrio quadrado a Plutão Mercúrio retrógrado Mercúrio trígono a Urano Plutão directo Sol conjunto a Saturno Sol em Balança Sol em Virgem Sol oposto a Saturno Sol quadrado a Marte Sol quadrado a Plutão Sol trígono a Jupiter Sol trígono a Plutão Urano quadrado a Plutão Venus trígono a Jupiter Venús em Balança Vénus conjunta a Plutão Vénus em Capricórnio Vénus em Virgem Vénus oposta a Plutão Vénus oposta a Saturno Vénus trígono a Saturno

Arquivos

Visitas ao Blog

  • 758,267

Facebook

Os mais vistos

Indique o seu endereço de email para subscrever este blog e receber notificações de novos posts por email.

Clique para Contacto Email

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 5.139 outros seguidores