Pesquisar

Céus!!! Rosita Iguana

Os Astros dia a dia

Etiqueta

Lua em Capricórnio

Quinta, 7/5/15- Visão, controlo, ambição…..

Podemos estar cheios de ideias todo o dia mas, a partir da seis da tarde GMT, passamos à fase seguinte que é a de nos inquietarmos sobre como as pôr em prática, ter controlo da situação e sentir segurança. Alguma coisa vai ter de ceder e é para isso que nos preparamos. Estamos a chegar ao fim de hesitações e muita conversa, queremos a protecção do que nos é familiar, um ninho, amor quase maternal. Acontece que hoje a Lua pelo final da tarde sai de Sagitário para entrar em Capricórnio depois de fazer uma última oposição a Vénus em Gémeos. Esta Vénus, pouco antes da meia-noite entra em Caranguejo. Enquanto está em Sagitário a Lua traz o optimismo e a abundância de energia necessária à expansão de horizontes, abertura a ideais, crescimento a todos os níveis- acreditamos e defendemos aquilo em que acreditamos. Ao passar para Capricórnio, entram as preocupações e a ambição a longo prazo de como tornar real, estrutural, como estabelecer os alicerces do ponto alto a que queremos chegar. A oposição da Lua ainda em Sagitário a Vénus ainda em Gémeos, pela tarde, GMT, traz à tona sentimentos de incompreensão como se levantassem dúvidas sobre o entusiasmo que nos movia. A passagem de Vénus para Caranguejo e da Lua para Capricórnio passa o ênfase para a contradição entre o sentimentalismo e amarras ao que nos é familiar e o desejo de nos elevarmos do ninho para as alturas, para novas esferas de poder, controlo em que o geral se sobrepõe ao pessoal. Com o Sol em Touro em trígono a Plutão em Capricórnio aplicamo-nos para obter resultados abrangentes mas não pode ser tudo como queremos já que a Lua amanhã faz conjunção a Plutão e quadratura a Urano e Vénus avança para os mesmos aspecto a Plutão e Urano na terceira semana de Maio. Assim, aquilo que estamos a ceder ou construir terá consequências maiores nos próximos quinze dias, mesmo antes de Mercúrio entrar retrógrado. Boa programação e paciência são os melhores trunfos.

A tela é de Picasso, de 1934.

astro_w2gw_75_carta_do_dia.34849.13849

DP220325

Anúncios

Quarta, 26/11- Ambição e algumas dúvidas

Hoje é um bom dia para tomarmos medidas ambiciosas e inteligentes e progredirmos nos processos de transformação em curso nas relações pessoais, financeiras ou políticas. Há que estar aberto a novas dimensões, conhecimentos e também seguir o que o coração ditar que é a verdade. A Lua está, até ao princípio da tarde, em Capricórnio a projectar soluções estruturadas de futuro ou uma ordem garantida que traga bom retorno. Nessa posição faz sextil a Saturno e a Mercúrio em Escorpião o que traz oportunidades para, com aprofundamento dos dados, darmos novos passos nas reformas. Entretanto, Vénus em Sagitário que simboliza a nossa busca e dedicação à verdade, expansão, exploração leva-nos também a desejar mudanças profundas na ordem das coisas, com o semi-sextil a Plutão em Capricórnio. Estamos prontos a inovar, seguindo os impulsos, com um trígono de Vénus a Urano. No fundo, estamos a acertar contas com o que realmente interessa, libertando-nos de velhos recalcamentos porque Vénus faz quadratura a Quíron em Peixes. Só o quadrado exacto entre o Sol em Sagitário e Neptuno em Peixes nos abala as certezas. Será que o que defendemos é mesmo a solução ideal? A Lua ao final do dia entra em Aquário e será em grupo que temos que enfrentar as consequências, ou em relação ao colectivo  que haverá que justificar as opções.

astro_w2gw_125_carta_do_dia.56695.1918

Segunda, 24/11- Projectar bem antes de agir

Começamos a semana ainda com o fogo da Lua Nova de Sagitário a alimentar a busca da realização e o desejo de nos projectarmos de corpo e mente em algo maior, criativo, universal. Procuramos  e defendemos a nossa verdade com entusiasmo, no entanto sabemos que não dura muito mais o estado de benção em que tudo parece possível já que a Lua pelo final do dia entra em Capricórnio e se prepara para activar a quadratura de Urano a Plutão trazendo novamente à tona as crises em curso. Por um lado, o optimismo e ardor de viver a verdade, ecos da Lua em Sagitário, podem dar-nos a motivação para ambicionarmos mudar as estruturas familiares, profissionais, políticas que nos possam estar a restringir e isso é uma leitura do potencial transformador da conjunção da Lua a Plutão em Capricórnio e quadratura a Urano em Carneiro, já amanhã. Por outro lado, se ainda estivermos bloqueados pelos limites impostos pelos outros, dependências ou circunstâncias, ilustrados por Saturno em Escorpião, vamos sentir com mais violência o confronto entre o desejo, expectativas, liberdade e a força maior da realidade. A dificuldade em ver claro que pode travar a acção dirigida vem da semi-quadratura de Marte em Capricórnio a Neptuno em Peixes. Ou seja, dadas a dificuldade em dirigir as acções de forma certeira, há que planear muito bem antes de agir porque novo desafio é iminente.  Pelo final do dia e amanhã, temos de enfrentar mais uma encruzilhada das crises de transformação em curso- há que largar amarras, aceitar novas responsabilidades e construir o futuro em condições estruturalmente diferentes, a pensar no longo prazo, com os aspectos da Lua a Plutão e Urano no signo da estratégia, ordem regido por Saturno, senhor dos retornos das acções.

astro_w2gw_125_carta_do_dia.56670.32488

Quinta, 4/9- Obter resultados

É mais fácil hoje fazer negócios, resolver questões de administração ou serviço, mudar estruturas de saúde, trabalho ou financeiras. Sentimos que os caminhos se estão a abrir mas não deixamos de recear que tudo caia por terra e ambicionamos garantias a longo prazo. Deve-se isto ao trígono do Sol em Virgem a Plutão em Capricórnio e à conjunção da Lua a Plutão e sua activação da quadratura de Urano a Plutão. Estamos assim hoje em mais uma encruzilhada de mudança, um dia bom para levar a cabo planos detalhados e sentir que estamos a ir a fundo do que tem de ser feito para atingir resultados eficazes. Há suportes que ficam para trás, medidas novas que devem ser tomadas e a chave está em não querermos compulsivamente guardar tudo, controlar tudo, resistir à mudança.

Apesar das portas se parecerem abrir, não vai deixar de haver conflito, interior ou externo. A Lua faz quadratura a Mercúrio em Balança e isto traz discussão já que a necessidade de diálogo equilibrado tem de se soprepôr aos receios de perder o domínio da situação. Encontrar soluções conjuntas é o objectivo não só porque o Nódulo Norte está em Balança como porque Saturno em Escorpião faz trígono a Quíron em Peixes: o que reformularmos ou definirmos como nova ordem para bens e poderes partilhados vai curar feridas e ajudar a colmatar insuficiências nas relações e sentimentos seja qual for a sua natureza. Por fim, o pragmatismo que o dia exige pode também trazer possibilidade de riqueza material ou transformações que expandem criatividade ou envolvimento espiritual graças ao quincúncio de Júpiter em Leão a Plutão em Capricórnio. Há que fazer a síntese entre a fragilidade própria e o que os outros nos podem ensinar sem falsos orgulhos nem manipulações.

A tela é do pintor norte-americano John Singer Sargent 1856 – 1925.

astro_w2gw_125_carta_do_dia_hp.62553.21769

Sexta-feira, 13/6- Conflitos iminentes, avanços futuros

Depois da Lua Cheia de Sagitário desta madrugada e em vésperas de um fim de semana de ranger os dentes com Marte a activar a quadratura de Urano a Plutão temos hoje uma sexta feira 13, prenúncio de que todos os cuidados são poucos. Claro que a Lua em Sagitário podia trazer optimismo e desejo de expansão de horizontes mas a oposição de Vénus em Touro a Saturno em Escorpião anuncia um confronto com os limites impostos e a lembrança de que não podemos ter tudo o que queremos nem como queremos. Há que fazer cedências, reorganizar poderes e bens partilhados e tentar lidar com as contradições estimuladas pela oposição da Lua ao Sol em que emoções e vontade estão polarizadas. Com tudo isto começamos a sentir a ansiedade de não ter estruturas de apoio satisfatórias, quando a Lua entra pela tarde em Capricórnio. Ambicionamos mais, melhor, mais sólido, queremos mais poder a longo prazo mas para lá chegarmos temos de sofrer metamorfoses, deixar para trás relações, posses, estruturas e criar espaço para o novo. Este fim de semana é mais uma encruzilhada nesses processos pessoais e colectivos de transformação estrutural profunda, particularmente visível nas crises em curso desde 2012 quando começou a série de quadraturas de Urano a Plutão. De crises financeiras a conflitos militares passando por insurgências populares, com Marte em Balança em oposição e quadratura respectivamente a Urano e Plutão está na hora de rever relações pessoais, profissionais, diplomáticas, financeiras, acordos, alianças, leis e o equilíbrio geral dos poderes – o difícil é que não haja conflito, com a Lua também ela envolvida por conjunção a Plutão, mas a solução pode ser criativa e permitir evolução. Também pode ser que estejamos tão distraídos com o futebol que nem demos por nada….

A tela chama-se ” A defesa do cemitério” e é do pintor polaco Wojciech Kossak (1926). O óleo representa a juventude polaca em armas na insurreição de Lwow contra a proclamação nessa cidade da República Ucraniana Ocidental. Está no Museu Militar Polaco em Varsóvia.

astro_w2gw_125_carta_do_dia_hp.72784.64757

Domingo, 23/3- Pensar os objectivos

Temos quase todo o dia para continuar a achar que tudo é possível e que podemos estar em bons termos com todos, inspirando os outros com as nossas ideias e abrindo os nossos próprios horizontes através de contactos intensos e variados. Mas, pelas oito da noite GMT, a Lua sai de Sagitário onde fez sextil a Marte e ao Nódulo Norte e entra em Capricórnio o que muda a maneira como olhamos em redor e as emoções que nos movem.  A partir da noite estamos já a antecipar os processos de transformação em curso com que vamos ter de lidar logo no início da semana e, de facto, o melhor é mesmo concentrar já hoje as ideias e estabelecer relações que possam ser úteis para, a partir de segunda feira, podermos ter algum controlo no que está a acontecer. O que se passa é que a Lua em Capricórnio é cautelosa, mesmo calculista, fria e ambiciosa, procura fazer planos a logo prazo que garantam o alcance dos objectivos mas enquanto as emoções nos pedem esse caminho pró-seguro, o Sol em Carneiro, ao qual a Lua faz já esta noite quadratura, põe-nos em situações de fogo, em urgências, que não são compatíveis com a necessidade de construir lentamente alicerces. A forma como conseguirmos esta noite compatibilizar ímpetos e defesas vai ser determinante para segunda feira encararmos as crises de transformação em curso, mudanças de poderes, dependências, liberdades e restrições, pessoais, políticas ou financeiras, quando a Lua activar a quadratura de Urano, Plutão e Júpiter. Pensar bem hoje para agir bem amanhã, deve ser o lema do dia.

A imagem é um óleo do pintor holandês Cornelis de Man (1621-1706), chama-se ” Retrato do Farmacêutico Dr Ysbrand Ysbrandsz” e está numa coleção particular.

astro_w2gw_45_carta_do_dia_hp.64119.3028

Create a free website or blog at WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: