Pesquisar

Céus!!! Rosita Iguana

Os Astros dia a dia

Etiqueta

Lua em Sagitário

Domingo, 23/8/15- Voar alto, pensar bem, fazer melhor

Analisar informação, escrever, arrumar todo o tipo de assuntos e apostar na eficiência para prestar o melhor serviço possível é o que anuncia hoje a entrada do Sol em Virgem e a aproximação a uma conjunção a Júpiter nos próximos dias.  Neste domingo, a  Lua em Sagitário – que Júpiter rege, – em quadratura ao Sol e a Neptuno leva-nos a desejar voos maiores do que os detalhes em que o Sol e Júpiter se concentram e a sentir a tensão entre o que é bom para todos e o que é apenas a verdade pessoal. É como se o sentido critíco se abatesse sobre as aspirações e pusesse em causa os sonhos e ideais. Mas também pode ser a maneira de concretizarmos em grande detalhe uma qualquer obra que corresponda ao sentir das coisas, depois de afastadas as ilusões que toldam o julgamento correcto. Podemos conseguir ter a percepção do todo e agir no detalhe graças ao trígono da Lua a Marte em signos de Fogo que em simultâneo impele à acção. Com o Sol conjunto à estrela Regulus o sucesso vem da capacidade de prestar bom serviço e da dedicação ao discernimento.

A tela é do pintor holandês da Idade de Ouro Gerrit Dou- 1613-1675 e chama-se ” O Astrónomo à Luz da Vela”

 

astro_w2gw_66_carta_do_dia.68907.28621

gerrit-dou-astronomer-by-candlelight

Anúncios

Sábado, 20/12- Fechar portas, abrir janelas

Só fazer o que nos apetece é a grande tentação deste sábado, dia carregado de aspectos astrológicos de mudanças de valores, em fim de festa, antes da Lua Nova na madrugada de segunda feira. A Lua está em Sagitário em trígono a Urano em Carneiro a pedir liberdade criativa, a estimular iniciativas originais, a exigir novos horizontes emocionais. Há que ir mais longe, escrever o livro, fazer a viagem, tornar a ideia realidade. Isto terá custos e  estamos prontos a pagá-los. Vénus faz conjunção a Plutão e quadratura a Urano e com isso apostamos em novos valores, numa nova ordem nas relações pessoais, contratuais, financeiras ou sociais. Há que encarar mudanças profundas nas estruturas de que estávamos dependentes e pensar em ganhar,  não com o que conquistamos mas sim com o que abandonamos.

Vénus a activar assim a quadratura de Urano a Plutão exige abrir mão do passado para ganhar o futuro e os aspectos da Lua hoje ajudam nesse processo. Estamos a descartamo-nos do velho para dar lugar ao novo e estar preparado para abraçar a mudança, a diferença, o menos usual é o melhor a fazer. Esperar o inesperado é a frase chave quando Urano está envolvido, principalmente em quadratura e isso é o que acontece hoje com o trânsito de Vénus. Marte também está envolvido com Urano num sextil de Aquário o que faz com que a revolução pessoal tenha impacto em  redor. Aquilo que definirmos como as novas regras de relacionamento e funcionamento, os ganhos ou perdas financeiras, as relações de poder e dependência vão reflectir-se, pragmáticamente, na forma como lidamos com o mundo, os amigos, os grupos, os ideais que defendemos em geral. Como Marte também está em paralelo a Saturno, a maturidade impede o disparate  e vamos pensar nas consequências, apesar da abertura dada pela posição da Lua. Em resumo, tudo parece possível, e é, mas não vamos esquecer que depois de uma fase de desconstrução há que pôr de pé novas estruturas, a partir da Lua Nova em Capricórnio, na próxima segunda feira.

astro_w2gw_125_carta_do_dia.68855.20216

 

Terça, 2/9- Revelar potencialidades, procurar acordos

A conversa hoje muda de tom, torna-se mais importante explicar que desejamos chegar a um acordo do que enunciar todos os detalhes da operação. O que nos orienta é uma ideia diferente, original, criativa que pode até parecer pouco clara mas cujo teor optimista ou visão futurista são o motor para o diálogo e acção. Assim, com a passagem de Mercúrio de Virgem para Balança e o trígono da Lua em Sagitário a Júpiter em Leão e a Urano em Carneiro devemos seguir o nosso potencial criativo, revelar verdades únicas e fazê-lo na busca de um consenso, procurando apoios que permitam depois a sua concretização. Um semi-sextil do Sol em Virgem a Júpiter em Leão dá-nos a confiança necessária para alinhavar as ideias, no entanto um sesquiquadrado de Vénus também em Leão a Plutão em Capricórnio torna tudo mais intenso e temos de resolver interiormente o desejo de tudo controlar.

astro_w2gw_125_carta_do_dia_hp.62518.19283

Segunda, 1/9- Gastar a energia em coisa úteis

A semana começa com um conflito entre o que queremos e o que precisamos e estamos prontos a ir à guerra se for preciso para defender interesses mesmo que disparatados. É a Lua conjunta a Marte em Escorpião e quadrada a Vénus em Leão que puxa pela afirmação dos desejos e não encoraja a razoabilidade. No entanto, se nos concentrarmos em tentar analisar todas as possibilidades na mesa para fazer as melhores opções, é possível estabelecer contactos e fazer trabalhos preparatórios que ainda esta semana dêm fruto. Isto porque a Lua em Escorpião faz um sextil a Mercúrio em Virgem o que significa oportunidades de impacto na apresentação de ideias detalhadas ao mesmo tempo que o Sol também em Virgem se aproxima de um trígono a Plutão em Capricórnio que trará os resultados visíveis nos processos em curso de transformação da organização ou dos poderes dominantes. Só é mesmo preciso ter atenção para não explodir à primeira contrariedade já que o biquintil de Marte a Urano em Carneiro nos leva a querer esquecer rotinas, procurar surpresas e procurar espontaneidade sem restrições face ao que nos rodeia enquanto Saturno em Escorpião representa o travão indesejado ou o controlo dos recursos partilhados. Ou seja, é melhor gastar a energia em coisas úteis.  Pelas 5 da tarde GMT a Lua passa para Sagitário e recuperamos a esperança de que é possível que tudo corra pelo melhor.

A tela é do pintor americano John Sloan, chama-se ” Domingo, mulheres a secar o cabelo” 1912.

astro_w2gw_125_carta_do_dia_hp.62467.14830

 

Quinta, 15/5- Novos valores

Há muita instabilidade no ar e o desejo de escapar para novos horizontes físicos, intelectuais ou espirituais domina as emoções. Vénus em Carneiro conjunta a Urano faz disparar as reações nas relações ou nas finanças, procuramos inovar e a paixão pode surgir de uma qualquer surpresa assim como o corte radical e sem remorso. Nas situações sociais também é de esperar o inesperado. Seja em que circunstância trata-de se redefinir valores, mesmo que bruscamente. Em conjunto com esta excitação, a Lua em Sagitário apela à abertura e à inspiração mas uma quadratura a Neptuno torna difícil encontrar um compromisso entre os ideais e a realidade. Tal como ontem a comunicação hoje tem um papel determinante já que Mercúrio em Gémeos faz um sextil a Urano e a Vénus. Há que estar atento a todas as oportunidades que podem surgir através de contactos e das que se abrem porque nós próprios estimulamos respostas.O que dissermos pode ter impacto, o que ouvirmos também.

A tela é do pintor holandês do século XVII Adriaen Pietersz. van de Venne e chama-se ” A pesca de almas”. Está no Rijksmuseum de Amsterdão

astro_w2gw_45_carta_do_dia_hp.55612.11194

Sexta, 18/4- Velhos hábitos e aberturas

O dia é um misto de velhos hábitos e novas ideias e o desejo de promover mudanças que valham a pena na forma como vivemos ou nas relações pessoais, financeiras ou políticas. A principal dificuldade é conseguirmos abandonar padrões ultrapassados de resposta automática. O Sol em Carneiro está conjunto ao Nódulo Sul e convencimento, agressividade e egocêntrismos são instintos que há que refrear porque o objectivo é chegarmos a novos acordos com o Nódulo Norte em Balança, onde também está Marte retrógrado a reposicionar parcerias. Como a Lua entrou em Sagitário, partir à aventura seja em longas viagens ou pela abertura do espírito também está na ordem do dia. Mas como a Lua negra Lilith sai de Caranguejo para entrar em Leão, em quadratura aos Nódulos, a tendência para nos vermos como o centro do mundo pode por em causa essa mesma abertura. Trabalhar os compromissos, estar atento às ideias alheias, procurar um equilíbrio entre o dar e o receber são hoje as tarefas difíceis versus a facilidade com que podemos ir atrás do desejo singular de escapar mesmo que seja ao encontrão a quem se meter pela frente. É preciso não ficar preso a comportamentos automáticos, quebrar karma e evoluir contrariando também a quadratura do Sol à Lua Negra, hoje e nos próximos dias. A disciplina da mente também não é facilitada pelo quicúncio de Mercúrio em Carneiro a Saturno em Sagitário mas vamos acabar por ter de respeitar horários, obrigações ou limites de expressão senão o preço a pagar é elevado como sempre acontece com aspectos a Saturno. A chave do dia está em sentirmos compaixão, amor universal, a partilha espiritual, enfim, tudo o que nos humanize porque nos afasta do egocêntrismo e coloca a par com o mundo. Vénus está em Peixes e dá-nos abertura para essa generosidade se abrirmos o coração. Então acontecem os milagres, percebemos o extraordinário momento de transformação que pessoal ou colectivamente estamos a viver e contribimos para isso graças ao sextil de Vénus a Plutão em Capricórnio.

A imagem é de uma tela do pintor contemporâneo norueguês Odd Nerdrum nascido em 1944 e chama-se “Madrugada”.

astro_w2gw_45_carta_do_dia_hp.71092.4651

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: