Pesquisar

Céus!!! Rosita Iguana

Os Astros dia a dia

Etiqueta

Sol oposto a Plutão

Quarta, 5/8/15- Não há outro remédio senão mudar….

O foco continua nas relações, o que esperamos dos outros, o que recebemos, o que temos para dar amorosa, criticamente, financeiramente e o que de mais profundo nos une ou separa. Desejamos que aconteça qualquer coisa que demonstre a validade dos nossos sentimentos e somos confrontados com situações que testam os limites. Desde o início da semana que, num crescendo, se sucedem factores de tensão cujo resultado final se deve traduzir numa transformação pessoal, sendo hoje e amanhã os desafios maiores à capacidade de mudar de forma construtiva tanto forma como se manifesta a energia pessoal como a forma como integramos a nossa interdependência em casa, trabalho, sociedade, nas estruturas de que fazemos parte a nível pessoal e colectivo. Com a Lua hoje em Carneiro conjunta a Urano e depois em quadratura a Marte em Caranguejo é necessário respirar fundo antes de disparar em todas as direcções. A tendência para a irritabilidade aumenta e a dificuldade em encontrar as soluções de compromisso desejadas também. A Lua faz bons aspectos a Mercúrio Vénus e Júpiter em Leão mas isso pode exacerbar o egocentrismo o que torna aumenta as disputas animadas pela quadratura a Marte. A reforçar a ideia dos limites á actuação narcísica, Saturno em Escorpião faz quadratura a Mercúrio, Vénus e Jupiter em Leão. Isto são testes fortíssimos à aceitação da realidade, dos constrangimentos das circunstâncias e não há lugar para responder aos desejos. No amor, no dinheiro, no sentido de identidade, há que agir de forma responsável- este o incontornável efeito da quadratura do planeta do Karma aos planetas da expressão, do desejo, da expansão. Depois do esfriar emocional a que esta quadratura obriga, estamos prontos para mudar- Plutão hoje e amanhã faz quincúncio ao Sol em Leão- resolvida a frustração, podemos rugir diferente…Dias fortes para  Obama nos EUA e para a Rainha Isabel em Inglaterra, ambos a celebrar aniversários ontem, dia 4…

A tela é do pintor norueguês Christian Krohg, 1852-1925

astro_w2gw_66_carta_do_dia.64308.7260

Christian-Krohg-Toalett

Segunda, 6/7/15- Mudar e desmistificar

A semana arranca com uma grande tensão entre segurança e transformação ou o sentido de que estamos entre dois pólos opostos, um, o do Sol em Caranguejo – que quer defender casa, família, país, tradição  e o conforto do que é conhecido – enquanto o outro, marcado por Plutão  – antagónico ao Sol, em grau exacto em Capricórnio – simboliza as  questões de força maior, o poder sem rosto, o peso de dívidas, ónus, encargos, dependências ou compulsões que obrigam a transformações estruturais, na ordem das coisas, na administração ou gestão do que partilhamos a nível individual e colectivo. É dos trânsitos mais transformadores, nada fica na mesma: para que um lado ganhe, outro tem de perder e o resultado podem ser cabeças a rolar, chefias que mudam, e o estabelecimento de uma nova ordem sobre a qual, hoje, vamos ter ilusões- a Lua está em Peixes conjunta a Neptuno, em trígono ao Sol e sextil a Plutão, um trânsito óptimo para sonhar, ser criativo mas com pouco sentido prático para lidar com as consequências da fantasia e das mudanças. Mesmo assim, há algo que muda e um novo sentido de segurança  tem de nascer da oposição do Sol a Plutão de hoje,-  ao qual os aspectos da Lua/Neptuno conferem laicos de ilusão. É preciso mergulhar nas águas do inconsciente , nas sombras, medos, e pulsões e trazer à Luz novos comportamentos, novas bases de relacionamento familiar e colectivo, sem nos iludirmos nem sobre as nossas necessidades ou fundamentos nem sobre a generosidade ou poder que possam exercer sobre nós. É tempo de mudar e de desmistificar. astro_w2gw_66_carta_do_dia.60499.41177 1932-012

Terça, 30/6/15- Sinais raros, possibilidades muitas

Uma configuração rara em forma de papagaio, também chamada diamante, une hoje nos Céus um grande trígono de Fogo – entre Júpiter conjunto a Vénus em Leão, Urano em Carneiro e Lua em Sagitário- com o Ar de Mercúrio em Gémeos. São polaridades masculinas, Fogo e Ar, com enorme potencial de realização que nos estimula a ir mais longe, fazer diferente, inovar e usar todo o potencial criativo. A chave do aspecto passa na resolução da tensão provocada pela oposição Lua/ Mercúrio que pode resolvida com o apoio de Júpiter, Venus e Urano.  Ousadia, entusiasmo, energia, optimismo, revolução de ideais e de identidade, viver novas verdades é o que se deseja, mas para isso é preciso lidar com a contradição entre o que se diz e o que sente, simbolizada pelas posições antagónicas da Lua e Mercúrio. A oposição ilustra a polaridade entre as qualidades que projectamos sobre os outros e as respostas à altura dessa expectativa que esperamos dos outros. O espelho raramente satisfaz e daí a tensão provocada por este aspecto que só se resolve quando analisamos padrões e pulsões e nos abrimos ao diálogo.

As possibilidades de sucesso são muitas e sentimos-nos inspirados para encontrar saídas porque este papagaio ou diamante de Fogo é o aspecto que permite não só o sonho como a sua concretização apoiada na crescente oposição entre Marte e Sol em Caranguejo a Plutão em Capricórnio. A segurança, tradição, valores familiares, domésticos, tribais ou nacionais são os que queremos salvaguardar mas qualquer coisa vai ter de mudar. A oposição entre Sol e Plutão é uma batalha entre o poder pessoal e as forças externas, uma batalha de vontades extremadas, uma pressão que se revela em toda a sua força explosiva. É tempo de reconhecermos as pulsões, compulsões ou instintos que nos movem e que levam a manipulações da realidade ou mesmo violência e aproveitar este aspecto para mudar o que tiver de ser mudado, para melhor ou seja, livre de amarras a seguranças antigas, agora desnecessárias. Como Neptuno também está envolvido devido ao trígono ao Sol que antecede a oposição a Plutão, as transformações profundas e resolução de conflitos passam necessáriamente pelo sonho ou visão que tivermos do futuro. Está na hora de sonhar e tornar os sonhos realidade. A Lua Cheia em Capricórnio na madrugada de dia 2, GMT, vai revelar a ambição e estruturar o mergulho no futuro com os pés na Terra.

A imagem é da NASA, uma configuração de diamante nas estrelas do Céu da constelação das Pleiades. Créditos para Robert Gendler

astro_w2gw_66_carta_do_dia.60412.36114

m45kite_gendler_c1

Sexta, 4/7- Determinação e busca de novos equilíbrios

Neste arranque do fim-de-semana os sinais são claros: num pano de fundo de profundas mudanças estruturais na vida de todos os dias, não perdemos o pé, encontramos estabilidade em novos compromissos e somos nós próprios quem procura esse redefinir construtivo das relações de forma a que espelhem as novas verdades e novo sentido de segurança que queremos ter individualmente, em família ou naquilo que de íntimo nos move. O Sol está em Caranguejo em oposição a Plutão em Capricórnio o que leva a que ou sejamos nós os agentes de transformação ou tenhamos nós que nos submeter a mudanças profundas, o certo é que nada fica na mesma, nem que seja uma qualquer máquina que deixe de funcionar em casa. Mas como Saturno em Escorpião está em trígono ao Sol e sextil a Plutão, podem arquitectar soluções estáveis que reflictam as novas estruturas de que temos de depender ou controlar. Com a Lua, Marte e Nódulo Norte en Balança os outros têm de fazer parte do quadro e há que procurar activamente chegar a acordos, que se assinem contratos, que se une ou desuna o que tem de se transformar em novas regras de relacionamento. O trígono de Vénus em Gémeos a Marte em Balança mostra-nos as várias opções mas não nos bloqueia na escolha de uma via negocial. Por fim, um trígono que está a aproximar o Sol a Quíron em Peixes dá já índícios que quando esta fase de transformação estabilizar nos próximos dias vamos sentir grande alívio e a sensação de que curámos mais algumas velhas feridas.

A tela é do norte americano do final do séc. XIX L.S. Lowry e chama-se “Discord”

astro_w2gw_125_carta_do_dia_hp.40756.2922

Quinta, 3/7- Apurar opções, escolher a mudança

Reina o sentido crítico, atenção aos vários detalhes e não nos sentimos confortáveis com grandes demonstrações emocionais que parecem incompatíveis com o desejo de independência ou imagem individualista que queremos projectar. A Lua está em Virgem em quadratura a Vénus em Gémeos o que tende a alienar-nos dos outros por todas as opções que vemos possíveis de tomar e faz também um quincúncio a Urano em Carneiro o que nos obriga a resolver o dilema entre a necessidade de estabilidade ao pormenor e o apelo para tudo o que é diferente, inovador, mesmo sem garantias. A complicar as coisas está um quincúncio de Vénus a Plutão que aumenta compulsivamente as incertezas mas obriga a aprofundar o que tem de ser mudado. São energias complexas que nos dividem entre o desejo de ligeireza e as sombras da transformação obrigatória nas estruturas que partilhamos, nas relações pessoais, financeiras e de poder. Sem saber bem que caminho seguir, sentimos a tensão aumentar, contrariados por ter de tomar opções. O melhor é aceitar que não é tempo para leveza do ser mas sim para tomar as rédeas da situação. Amanhã o Sol em Caranguejo faz oposição a Plutão em Capricórnio e vamos ter que aceitar que as bases de segurança ou estruturas em casa, família, tribo ou nação mudaram. Só há duas hipóteses ou controlamos a situação ou somos controlados. Podemos usar a apurada capacidade de análise que a Lua hoje em Virgem estimula para orientarmos a situação em nosso favor. Depois é só questão de focar objectivos definidos e não nos perdermos em conversas.

A imagem é uma miniatura do livro ‘Imaginacion de vraye noblesse’ (Inghilterra e Olanda, 1496-1497), British Library, Londres.

astro_w2gw_125_carta_do_dia_hp-2.68226.32347

Quarta, 2/7- Os detalhes contam

Tudo começa a definir-se e há que aproveitar o dia para tratar dos detalhes burocráticos ou de organização. Mesmo assim, a tarde é mais propícia à eficiência do que a manhã em que o sonho ou fantasias podem toldar sentido prático necessário à boa execução dos requisitos. Mercúrio já não está nem retrógrado, nem estacionário, avança agora directo em Gémeos e faz hoje um trígono exacto ao Nódulo Norte o que permite que a comunicação flua com facilidade e traga sucesso na realização de contractos ou acordos, equilíbrios nas relações e resolução de conflitos. Por seu lado, a Lua transita a Virgem, também regida por Mercúrio o que implica que temos de tratar de toda a papelada, detalhes e organização desses acordos ou situações contratuais. Até à hora de almoço, GMT, no entanto, a Lua faz uma oposição a Neptuno em Peixes e é mais fácil sonhar do que concretizar, podemos estar confusos ou a idealizar as coisas em vez de ter os pés na terra. De seguida, pela tarde, a Lua deixa essa oposição e passa a fazer, primeiro um sextil ao Sol em Caranguejo que está em semi-sextil a Vénus- oportunidades de satisfação emocional, apesar de nos sentirmos divididos entre as diferentes análises que fazemos das questões- e de seguida a Lua faz um trígono a Plutão em Escorpião o que implica que conseguimos, apesar das dúvidas, fazer o que é preciso para que algo mude estruturalmente nas nossas vidas, e que isso seja bom para nós.
Está assim aberto o jogo para que nos próximos dois dias cheguemos a nova encruzilhada da qual sairemos mais em controlo de nós próprios e da forma como queremos revolucionar a vida. Para quem não estiver pronto a mudar, serão dias difíceis, para os outros, uma fonte de progresso. Entre uns e outros, podem gerar-se grandes conflitos…

A imagem é de um detalhe de uma tela do pintor francês Fragonard

astro_w2gw_125_carta_do_dia_hp.64743.36731

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: