Pesquisar

Céus!!! Rosita Iguana

Os Astros dia a dia

Etiqueta

Júpiter quadrado a Saturno

Quarta, 4/5/16- Pensar bem para agir bem

É o desejo de acção que vem destabilizar o dia, convencidos que estamos que temos razão e prontos a disparar em todas as direcções quando tudo parecia estar calmo e seguro – ou talvez mesmo por isso queremos agitar as águas…É a Lua em Carneiro a avançar no final do dia para um quadratura a Plutão e posteriormente uma conjunção a Urano que impele iniciativas no sentido de corrigir situações que dependem da Continue reading “Quarta, 4/5/16- Pensar bem para agir bem”

Terça, 22/3/16- Equilibrar as tensões

Desde agora até ao final de Maio, oscilamos entre a expansão e a contracção, entre a abertura e os limites, com uma quadratura que se repete para nos fazer encontrar o ponto de equilíbrio entre liberdade e responsabilidades. É Júpiter em Virgem quadrado a Saturno em Sagitário que pede que nos demos ao trabalho de tomar posições maduras, bem trabalhadas que correspondam a um esforço de amadurecimento pessoal. Só assim é possível estar nas relações de trabalho ou pessoais, sem deixar de ser quem somos e fazer o que temos de fazer, capazes, em simultâneo, de alimentar relacionamentos harmoniosos onde haja espaço para o reconhecimento das qualidades individuais. Este é o tema que os Céus agitam hoje e até dia 26 de Março quando Saturno entrar retrógrado e que volta a surgir sob nova Luz a 26 de Maio quando se repete a quadratura com Júpiter.
Para reforçar a relevância da busca de equilíbrios, um eclipse no dia 23 entre a Lua em Balança e o Sol em Carneiro pode levar a extremos a tensão entre o “Eu” e o “Eu com o Outro”– exactamente para que se encontre nova base de entendimento.
Hoje com a Lua em Virgem, conjunta a Júpiter e naturalmente envolvida na quadratura a Saturno, quando mais atenção crítica dermos aos detalhes e ao estudo de como fazer melhor, como organizar melhor, como servir melhor o futuro, melhor estaremos preparados para ter qualquer coisa de construtivo a oferecer como contrapartida, no eclipse. Um trígono de Júpiter e Lua a Plutão em Capricórnio é o sinal claro de que se mudarmos as estruturas que queremos controlar teremos sucesso nos processos. Mas há que revolver as entranhas, olhar de frente para velhas feridas de incompreensão ou de exclusão e arrumar esses assuntos de vez, com base em iniciativas construtivas que não devem ser actos isolados- Quiron em Peixes, conjunto ao Nódulo Sul.
Sol e Mercúrio em Carneiro pedem acção mas não pode ser a qualquer preço. O trígono a Marte em Sagitário e também o trígono de Saturno a Urano pedem acção inteligente e não radical.

A fotografia mostra Philippe Petit na sua histórica travessia entre as torres gémeas do World Trade Centre en 1974.
MTMzMzc4MDE5NDgwODgxMTYy

astro_w2gw_28_carta_do_dia.73214.56758

Terça, 4/8/15- Entre o querer e o poder

Os limites das relações, do desejo, dos gastos, do exagero pessoal é o que está em causa desde ontem e até amanhã, provocando grande tensão entre o impulso de ter iniciativas que alterem a situação e a aparente impossibilidade de alcançarmos os resultados pretendidos. Deve-se a frustração à quadratura de Vénus retrógrada e Júpiter em Leão a Saturno retrógrado em Escorpião, enquanto que as emoções atormentadas derivam da Lua em Carneiro -que quer acção, – quadrada a Plutão em Capricórnio-  que a confronta com a força das estruturas e de poderes superiores -, a avançar para uma conjunção a Urano e trígono a Mercúrio que pode levar a espontâneidades de consequências imprevisíveis. É assim um tempo em que é preciso tomar decisões baseadas no que conseguirmos equilibrar entre o querer e o poder, a expansão e a contração, a projecção para amanhã e o peso de ontem.

Como Júpiter está em vésperas de mudar de signo para entrar em Virgem, estamos numa fase última de definir quem somos e como ou com que fundamentos vamos, durante os próximos doze meses, servir os nossos interesses e os dos outros. Júpiter e Saturno vão ainda fazer duas quadraturas em 2016, a primeira em Março e a segunda em Maio, de Virgem para Sagitário, sendo que o Sagitário é regido por Júpiter- o tom será sempre o mesmo- como alargar a esfera de acção dentro das restrições estruturais, pessoais ou colectivas.

Como Vénus e Júpiter estão agora conjuntos em Leão, pode haver a tendência  para só querer amor, divertimento, criatividade, sem pensar nem em ontem nem em amanhã. No entanto, a realidade mais tarde ou mais cedo abate-se sobre a febre e é daí que resulta, se bem consciencializada, a matéria de que de facto se podem construir os sonhos e que nos pode transformar- o Sol em Leão avança esta semana para um quincúncio a Plutão e da tensão pode resultar o renascer das cinzas- arrumados assuntos do passado, feridas do ego, avarias da máquina pessoal e da ideia que temos do amor pelo outro e do amor-próprio. É uma semana que exige muita revisão pessoal para esclarecer a parte de nós em que podemos confiar para nos guiar- Neptuno quincúncio ao Sol e sesquiquadrado a Marte.

A tela representa Orfeu e Eurídice pelo pintor inglês pré-rafaelita John Spencer Stanhope 1829-1908.

astro_w2gw_66_carta_do_dia.60420.26292

 

Orpheus_Eurydice-onbanksofstyxSpencerStanhope

 

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: