Pesquisar

Céus!!! Rosita Iguana

Os Astros dia a dia

Etiqueta

Lua conjunta a Urano

Quarta, 5/8/15- Não há outro remédio senão mudar….

O foco continua nas relações, o que esperamos dos outros, o que recebemos, o que temos para dar amorosa, criticamente, financeiramente e o que de mais profundo nos une ou separa. Desejamos que aconteça qualquer coisa que demonstre a validade dos nossos sentimentos e somos confrontados com situações que testam os limites. Desde o início da semana que, num crescendo, se sucedem factores de tensão cujo resultado final se deve traduzir numa transformação pessoal, sendo hoje e amanhã os desafios maiores à capacidade de mudar de forma construtiva tanto forma como se manifesta a energia pessoal como a forma como integramos a nossa interdependência em casa, trabalho, sociedade, nas estruturas de que fazemos parte a nível pessoal e colectivo. Com a Lua hoje em Carneiro conjunta a Urano e depois em quadratura a Marte em Caranguejo é necessário respirar fundo antes de disparar em todas as direcções. A tendência para a irritabilidade aumenta e a dificuldade em encontrar as soluções de compromisso desejadas também. A Lua faz bons aspectos a Mercúrio Vénus e Júpiter em Leão mas isso pode exacerbar o egocentrismo o que torna aumenta as disputas animadas pela quadratura a Marte. A reforçar a ideia dos limites á actuação narcísica, Saturno em Escorpião faz quadratura a Mercúrio, Vénus e Jupiter em Leão. Isto são testes fortíssimos à aceitação da realidade, dos constrangimentos das circunstâncias e não há lugar para responder aos desejos. No amor, no dinheiro, no sentido de identidade, há que agir de forma responsável- este o incontornável efeito da quadratura do planeta do Karma aos planetas da expressão, do desejo, da expansão. Depois do esfriar emocional a que esta quadratura obriga, estamos prontos para mudar- Plutão hoje e amanhã faz quincúncio ao Sol em Leão- resolvida a frustração, podemos rugir diferente…Dias fortes para  Obama nos EUA e para a Rainha Isabel em Inglaterra, ambos a celebrar aniversários ontem, dia 4…

A tela é do pintor norueguês Christian Krohg, 1852-1925

astro_w2gw_66_carta_do_dia.64308.7260

Christian-Krohg-Toalett

Anúncios

Quinta, 11/6/15- Momentos de viragem

Há um jogo da corda que se desenrola hoje e amanhã nos Céus, com Mercúrio, o planeta da mente, comunicação e troca a ficar estacionário antes de voltar a  entrar directo, enquanto Neptuno, o planeta do sonho, ilusão também fica estacionário antes de entrar, pelo contrário, retrógrado. Resultado, somos puxados por um lado pela razão e pelo sentido prático e, por outro, pela fantasia ou idealismo. Nesta polaridade, como Mercúrio faz um octil – ou seja está à distância da oitava parte do Zodíaco – de Urano em Carneiro, podemos contar com uma aceleração de comunicações transformadoras e tendência para a impaciência enquanto a oposição de Mercúrio a Saturno frustra os repentes e obriga a pensar a longo prazo. A estimular ainda mais a sede de iniciativas e o desejo de cortar os males pela raíz e começar de novo, temos a Lua conjunta a Urano em Carneiro, em semi-quadratura a Mercúrio, depois de fazer quadrado a Plutão. Marte conjunto ao Sol em Gémeos, em quadratura ao Quíron é a prova final de que vamos ser vítimas ou carrascos conforme calarmos ou usarmos as palavras como arma. O ideal seria escolher bem as palavras sabendo que causarão efeito, e aproveitar os trânsitos libertadores do dia para, em plena consciência e controlo da situação, fazermos as reformas pendentes na organização das coisas e podermos dedicarmo-nos a eliminar confusões antigas e/ou repensar os sonhos que gostaríamos de ver concretizados.

A imagem é do filme ” Woman of the Year” com Katherine Hepburn e Spencer Tracy, 1942

astro_w2gw_75_carta_do_dia.52219.31610

hepburn

Sexta, 15/5/15- Situações limite

Estamos a entrar numa nova fase e as rupturas com o passado são prováveis hoje mas o discurso tem de ser contido apesar de sentirmos fortemente o impulso de exprimir a verdade interior. A tensão tem vindo num crescendo como se algo tivesse de irromper antes de podermos lançar as bases sólidas para qualquer coisa de novo. Isso acontecerá na Lua Nova de Touro no dia 18, mas hoje algo pode cair cai para vir a dar lugar ao novo. Numa sucessão rápida, pela hora de almoço e princípio da tarde GMT, a Lua começa por fazer trígono a Júpiter em Leão dando-nos o fogo para tomarmos iniciativas segundo as mais genuínas convicções. Logo de seguida, a Lua faz quadratura a Plutão em Capricórnio e fazem-se sentir as tensões profundas no que respeita a organização das coisas em casa, no trabalho, nas estruturas de que dependemos ou controlamos. E logo depois a Lua faz conjunção a Urano estimulando reações  súbitas, alterações inesperadas das situações, a libertação de padrões antigos. Tudo isto é muito intenso e tem, à partida, um sextil da Lua a Mercúrio em Gémeos, pela manhã, que dá o mote da importância da comunicação em todas as perturbações do dia. Podia ser como uma corrente de ar ou grande vendaval que limpasse os céus mas há um grau forte de frustração se não conseguimos ter contenção ou reserva estratégicas. Isto porque tudo acaba por parecer estar num impasse com a Lua em semiquadratura a Marte em Gémeos e sesquiquadrado a Saturno em Gémeos, que por sua vez estão opostos entre si. Resultado, tempestades em panelas de pressão a menos que a tensão saia ordenadamente tendo em vista ganhar pontos, mais tarde. Não estamos tão seguros como isso com Júpiter em Leão em quincúncio a Plutão em Capricórnio. Por detrás das aparências de força temos de integrar as fragilidades e ter mais confiança na nossa verdade interior.

 

A tela é de Gustav Klimt, pintor austríaco, 1862-1918. Chama-se ” A Noiva” é é uma obra inacabada encontrada no estúdio depois da sua morte

astro_w2gw_75_carta_do_dia.51212.55888

the-bride-unfinished-1918

Terça, 7/10- Impulsos em véspera de eclipse

O que queremos hoje é que aconteça qualquer coisa: desejamos iniciativas, acção e a afirmação das ideias que nos movem e nos incham com um sentido de verdade próprio. A independência ou a inevitabilidade de nova ordem nas relações é o corolário. Acontece isto porque a Lua entra pelo meio dia GMT em Carneiro, uma Lua impulsiva que aspira a novos começos, espontânea e excessiva e que, sendo assim regida por Marte – que se encontra em Sagitário, em trígono a Júpiter em Leão e a Urano também em Carneiro- aspira a fazer valer, em grande, aquilo em que se acredita. Estão assim lançadas as bases explosivas do eclipse da Lua Cheia de amanhã em que a Lua faz conjunção a Urano e está naturalmente oposta ao Sol em Balança enquanto Mercúrio retrógrado em Escorpião está em semi-quadratura a Marte. Resultado, estamos completamente focados na questão do dar e receber em qualquer situação, amorosa, profissional, financeira, política e começamos hoje a sentir fortemente a necessidade de nos livrarmos de dependências ou acordos estagnados. Também podemos ser sujeitos a perturbações externas inesperadas que amanhã chegam a ponto de confronto com consequências na forma como encaramos o nosso papel nas relações, os limites que colocamos e as restrições que aceitamos. Impossível não discutir com o aspecto tenso entre Mercúrio retrogrado e Marte e por isso mais necessário ainda cabeça fria, avaliações bem fundamentadas e a procura de novos equilíbrios para que as rupturas venham a ter algum sentido.

astro_w2gw_125_carta_do_dia.67904.9625

Domingo, 30/6- Sentir já o que está para acontecer

O que acontecer ou sentirmos hoje de diferente será amanhã e depois, segunda e terça feira, que terá consequências mais profundas. Ou porque assim o decidimos ou porque assim acontece, haverá hoje  rupturas, surpresas, situações diferentes em que o inesperado nos sobressalta e que nos faz primeiro reagir de forma compulsiva em defesa do nosso projecto individual para de seguida percebermos que é melhor pensar antes de agir e preparar o terreno para no início da semana encararmos sim aquilo que vai para além das emoções e que representa toda a razão da nossa existência, energia vital e segurança. Este domingo, a Lua em Carneiro depois de fazer quadratura ao Sol em Caranguejo, activa a quadratura de Urano a Plutão dando o sinal emocional das mudanças que estão para vir segunda e terça quando for a vez do Sol se opor a Plutão e fazer quadratura a Urano.

Em simultâneo, hoje e nos próximos três dias, Vénus em Leão está em quadratura a Saturno em Escorpião, resfriando respostas nas relações e nas finanças, obrigando-nos a deitar contas aos afectos e aos custos, censurando manifestações de indepêndencia e criatividade ou controlando os gritos da alma ao mesmo tempo que o quincúncio de Vénus a Neptuno em Peixes nos vai deixar exaustos quando chegarmos á conclusão que o idealismo não leva longe e há que ser realistas quando pretendemos um mundo perfeito.

As crises em curso, seja no Egipto, Médio Oriente, Brasill, o euro e as finanças internacionais etc… têm este domingo e nos próximos dias momentos particularmente relevantes e alteradores de rumo com a activação da quadratura de Urano a Plutão primeiro pela Lua e depois, em particular, pelo Sol. A Lua em astrologia política representa as massas, o povo, e o Sol o rei, presidente, figuras de chefia. Assim, é de esperar uma agravamento das manifestações populares a que assistimos desde o início da quadratura no ano passado – e que perdura até 2015- seguida de mudanças de política ou queda de dirigentes ou de governos, ao mesmo tempo que a repressão se agrava assim como as dificuldades financeiras devido á quadratura de Vénus a Saturno, a tensão entre o que nos move, seja por crença, amor ou dinheiro e a força do poder político, militar e financeiro simbolizado pelo Escorpião onde se manifestam os anéis de Saturno. Tudo irá num crescendo cujo próximo pico deverá coincidir com a passagem de Júpiter pelo ponto de oposição a Plutão e quadratura a Urano, em meados de Agosto.

astro_w2gw_111_carta_do_dia_hp.42041.22982

Terça, 12/3- Reações intensas

Acção, agressividade, conflitos, crises pessoais e internacionais são hoje catalizadas pela conjunção da Lua e Marte em Carneiro pelo meio dia GMT e prolongam-se com consequências até à madrugada, tempo durante  o qual a Lua vai activar a quadratura ainda larga de Urano a Plutão.

A Lua em Carneiro exige iniciativas enérgicas o que é reforçado pela conjunção a Marte recém entrado nesse signo tempestuoso e guerreiro. Ao fazer de seguida conjunção a Urano as emoções radicalizam-se rejeitam-se contrariedades ou limites e com a quadratura posterior a Plutão intensificam-se as tensões entre iniciativas e controlo, novos rumos e velhos padrões, revoluções e poderes estabelecidos. Estão a ser lançadas as sementes das tensões que vamos ver desenvolver-se até ao fim do mês seja em família seja globalmente.  Com o Sol em paralelo a Quíron em Peixes, as questões de ameaça ao poder absoluto fazem parte da agenda. Há velhas dores e feridas, insatisfações ou inseguranças que nos impedem  de brilhar e temos duas hipóteses, ou disparamos em todas as direções para encobrir os recalcamentos ou damos a volta e ultrapassamos o problema com compaixão, dando aquilo que não nunca nos deram.

O outro aspecto relevante do dia é o trígono de Vénus em Peixes ao Nódulo Norte em Escorpião o que facilita negociações de revisão de situações financeiras  ou a reformulação de situações em que afectos ou bem partilhados precisassem de nova orientação.

astro_w2gw_111_carta_do_dia_hp.71268.7038

Create a free website or blog at WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: