Pesquisar

Céus!!! Rosita Iguana

Os Astros dia a dia

Etiqueta

Vénus conjunta a Saturno

Domingo,10/1/16- Lua Nova, nova ordem.

É a primeira Lua Nova do ano. Uma Lua tensa, marco de uma nova ordem, de uma nova organização das coisas, de uma força maior que nos leva a procurar tranformações profundas, estruturais, como somos, como vivemos, no que partilhamos, com consequências a longo prazo. Estão deitadas as sementes com a Lua Nova mas ainda há terra por virar com Mercúrio retrógrado em Capricórnio que a Lua toca também este domingo.  Repensar a ordem que existia previamente, rever estruturas e projectos faz-se com Mercúrio retrógrado mas a contenção  e o sentido do detalhe são as chave do processo.- Saturno conjunto a Venus, quadrados a Neptuno e ao Quíron. Há que arrumar bem as ideias, limitar os desejos, criar reservas para conseguir a revolução necessária à boa evolução pessoal e colectiva.  Não pode haver fantasias nem há lugar para relações, investimentos, amores ou valores que não sejam sólidos e  sobrevivam o teste do tempo, mesmo que custe ou doa esse confronto como o real. A frieza emocional e os cordões à bolsa são trunfos.

Em resumo, a Lua está nas primeiras horas da madrugada conjunta ao Sol em Capricórnio, acabada de fazer conjunção a Plutão e quadratura a Urano em Carneiro, sinalizando um fim de semana prenúncio de grandes mudanças em que a boa gestão e preocupação com o que é sólido devem ser centrais. Um trígono da Lua Nova a Júpiter retrógrado e Nódulo Norte em Virgem facilita a reavaliação dos processos e o encontrar de um sentido para o que se está a fazer. Cuidarmos de nós próprios e dos outros, servir, arrumar a casa, o trabalho, as contas e a vida fazem parte das transformações de fundo na ordem das coisas que pede esta Lua Nova. Marte em Escorpião em trígono a Neptuno é motor de guerras santas mas também dá a força para levar as revoluções interiores por diante.

astro_w2gw_28_carta_do_dia.66185.15125

New-Moon

Sábado, 9/1/16- Arrumar assuntos, preparar a Lua Nova

A partir de amanhã, domingo, entramos num novo ciclo emocional em que a organização da vida e as apostas de futuro são o foco das nossas atenções. Para que as sementes desse novo ciclo de Lua Nova em Capricórnio sejam bem sucedidas, hoje temos de deixar para trás velhos hábitos e dependências e apostar em servir a nossa saúde, interesses, objectivos de eficiência e ordem com outro espírito e noutras condições.

A Lua antes de fazer conjunção ao Sol na madrugada de domingo faz hoje conjunção a Plutão, quadratura a Urano e amanhã trígono a Júpiter e ao Nódulo Norte e conjunção a Mercúrio. Isto representa a sucessão de confrontos á nossa sensibilidade e amarras que tem de terminar na criação de outras bases, com perspectivas a longo prazo. Estamos a fazer algo diferente mas não deixamos que o entusiasmo desvie de regras e princípios a cumprir com Vénus conjunta a Saturno em Sagitário, trígonos a Urano em Carneiro e sextil a Plutão, Sol e Lua em Capricórnio. Em resumo, um sábado importante para, com racionalidade e perspectiva, nos abalançarmos a uma nova ordem, que depende em primeiro lugar da revisão das estruturas que nos envolvem, com Mercúrio retrógrado em Capricórnio. Tudo é sério e nada pode ficar esquecido, mesmo que custe.
astro_w2gw_28_carta_do_dia.78668.30578

88103d7b9e21da393dd3b17386268ac5

Sexta, 8/1/16 – Contenção e alinhamento

Hoje, é necessário ser contido e pensar a longo prazo. A partir da tarde GMT, as expectativas viram receio de falta de estrutura ou ordem mas isto não pode condicionar bloqueios e deve, pelo contrário, estimular acções regeneradoras. Vénus está conjunta a Saturno, em grau exacto em Sagitário. Afectos, dinheiro, relações, acordos, contratos, orçamentos, desejos, apetites, contabilidades e obras de cariz estético têm de se sujeitar às mais estritas regras, controlos e preparativos a pensar no longo termo. É quando a Lua, pela tarde, entra em Capricórnio, signo regido por Saturno que ambicionamos ou sentimos a necessidade de controlar as coisas face ao medo de sermos apanhados por regras ou sistemas ou qualquer ordem que não dominamos. Serve esta Lua para percebermos o que é verdadeiramente importante e que desejamos assumir e projectar. O retorno de Mercúrio hoje a Capricórnio, onde também se encontra Plutão e o Sol sextil a Quíron são outros marcos que reforçam a necessidade de repensarmos a ordem que nos futuro queremos viver, sarando feridas e curando a insatisfação que vem do coração, da mente e da estrutura de vida não estarem alinhadas. A contenção do dia ajuda a não desperdiçarmos energias em todas direcções.

A imagem é das esculturas” As Filhas de Terracota” da artista Prune Nourry, em protesto contra a política de preferência por filhos rapazes na China.

astro_w2gw_28_carta_do_dia.78655.29902

 

Quinta, 7/1/16- Choques de interesses, revisão de planos

Procurar excitação hoje –  Lua em trígono a Urano- pode trazer surpresas ou consequências menos agradáveis – Sol em quadratura a Urano. Temos de acabar por controlar desejos, afectos e despesas – Lua conjunta a Vénus, conjuntas a Saturno em Sagitário- repensando minuciosamente os projectos de expansão em que nos tinhamos empenhado- Júpiter entra retrógrado,  conjunto ao Nódulo Norte em Virgem . Aliás, há muito trabalho de casa por fazer e matéria e estruturas a reconsiderar com Mercúrio, regente da Virgem, retrógrado em Aquário a regressar a Capricórnio. O melhor a fazer com estes Mercúrio e Júpiter retrógrados é interiorizarmos processos, pensarmos afinal qual é a nossa própria lógica de expansão, de serviço, de cuidado de nós próprios e dos outros, trabalharmos na retaguarda, preparando e  completando tarefas sem as quais não pode haver no futuro progresso estrutural pessoal ou colectivo visível. É preciso pensar a longo prazo e rever  calendários, situações e apostas, nesse sentido.

A imagem é do fotógrafo americano Ralph Steiner 1899 – 1986
astro_w2gw_28_carta_do_dia.78642.29379

900adc4ef5f1fc89b228b53b8eb2b42f

 

Quarta, 18/9- O que foi e o que pode ser

Temos de definir as nossas relações com os outros e iniciar um ciclo em que procuramos novos equilíbrios, conscientes de que há que deixar para trás amarras emocionais ou materiais e construir outros alicerces em que nos apoiar. Isto é válido para o amor, para o dinheiro, para a diplomacia, para a política ou as finanças, ou na procura de orientação para aprofundar o que de mais fundo nos toca. É um tempo de maturidade que exige frieza de propósito e planeamento a longo prazo. Estamos toda a semana a viver o fim de um ciclo de 29 anos e a abertura ainda pouco clara do próximo, marcados pela conjunção de Saturno e do Nódulo Norte em Escorpião, hoje intensificado pela passionalidade reprimida que o alinhamento de Vénus na conjunção traz.
Todos os trânsitos por Escorpião forçam a ida a extremos para que nos livremos das resquícios de dependências externas ou compulsões pessoais, desejos de controlo ou uso de manipulação nas relações pessoais. Vénus em Escorpião pode ser vivida como a discórdia, guerra ou golpes fundos nas relações se seguirmos o impulso do ego ou então pode ser vivida com o potencial de transmutação dos conflitos em paz assente nas bases sólidas que o Touro que se lhe opõe propõe. Assim, este novo ciclo de responsabilidade colectiva simbolizada por Saturno em Escorpião conjunto ao Nódulo Norte apresenta-nos de facto essas duas opções. O facto de Vénus estar em sextil a Plutão em Capricórnio dá mais achegas para o potencial de transformação da nossas estruturas de vida segundo as opções que tomarmos. Todos estes aspectos são muito potentes e garantem acção transformadora. idealmente devemos avançar da sombra das respostas instintivas para a luz da dádiva nas relações mesmo que nao haja retorno imediato porque Saturno conjunto a Vénus não o permite. A Lua hoje em Peixes é a melhor ajuda para essa postura de entrega já que estimula o idealismo. Mas cuidado, estimula também o escapismo e há que encontrar outro ponto de equilíbrio entre a atenção as detalhes e o sonho de um mundo ideal.

Segunda, 26/11- Reorganizar amores e orçamentos

A semana começa como acabou, com sinais firmes de que é preciso fazer planos a longo prazo para reorganizar relações pessoais e financeiras, deixando para trás excitações, obsessões ou reações passionais. A razoabilidade e capacidade de restruturar dívidas, redefinir os fundamentos das relações e apostar numa mudança profunda das teias que as sustentam é o mote esta semana. Tudo isto porque Vénus está conjunta a Saturno em Escorpião, em sextil a Marte conjunto a Plutão em Capricórnio. Hoje, amanhã e depois, estes vão ser os aspectos que mais podem ter correlação com o nosso quotidiano, individual ou colectivo.

É possível hoje ter uma deia mais clara do que deve ser feito de diferente para sair de impasses e se poder planear com olhos no futuro, graças ao trígono do Sol em Sagitário a Urano em Carneiro.  A escrita, projectos originais, a compreensão dos grandes princípios sobre os quais devemos construir a mudança todos estão favorecidos com este trânsito. Com Júpiter em Gémeos e Mercúrio seu regente em Escorpião, em vésperas de entrar directo, tudo o que comunicarmos pode ser revelador e transformador.

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: