É em alta tensão que a semana arranca. Surpresas, mudanças, vontade de levar tudo ao limite ou sermos forçados a lidar com o que não queremos podem ser resultado da conjunção da Lua a Urano em Carneiro e quadratura a Plutão. Esta Lua ativa a quadratura em curso até 2015 de Urano a Plutão e vivemos hoje mais um dia chave desse processo de transformação seja das estruturas das nossas vidas seja da organização financeira e política do coletivo.

O mais provável hoje também é que o que esteja a ser posto em cheque sejam as relações amorosas, familiares, financeiras ou diplomáticas. Com Vénus em Caranguejo, regido pela Lua, é na casa, família ou país que se concentra o nossa ansiedade e desejo de riqueza material ou de salvaguarda de valores mas a quadratura a Saturno em Balança, o planeta das restrições no signo das relações levanta um muro alto entre o desejo e os limites que os outros, as contas, as leis ou as circunstâncias nos impõem.  Qualquer mudança a haver nessas áreas, pesa, custa, esfria a emoções e faz-nos sentir separados do resto do mundo.

Hoje ainda, um trígono de Marte a Quíron permite agirmos com determinação para resolver questões antigas, mas temos de cortar, vender, regenerar situações ou bens em comum, já que Marte transita o Escorpião. Em quincúncio a Urano, o primeiro impulso é o de agir cegamente, em sextil a Plutão cria, no entanto, a oportunidade de ir ai fundo do que deve ser transformado e dar passos nesse sentido.

Para saber mais sobre o dia de hoje e sobre as perspectivas astrológicas do mês, em geral e para a crise do Euro leia https://rositaiguana.com/2012/09/01/setembro-2012-um-mes-crucial-parte-1/