Quinta, 18/4-Prontos a fazermo-nos ouvidos

As nossas acções não nos trazem a segurança desejada, o que definimos como política não encontra eco em casa e acabamos por nos envolver em discussões para além da nossa capacidade de encaixe. Pela tarde GMT as oscilações emocionais reduzem-se quando a Lua sai de Caranguejo onde fez quadratura a Marte e ao Sol em Carneiro. Ao entrar  de seguida em Leão, a Lua puxa-nos espontaneamente para o centro do palco, queremos reconhecimento e o dramatismo não nos assusta. Mais ainda, a Lua em Leão avança para um trígono a Mercúrio e Urano em Carneiro que nos permite expor ideias novas, convictos da sua inteligência e brilhantismo e essas ideias referem-se à solidez das relações pessoais, politícas ou financeiras, com a Lua em sextil a Vénus em Touro.  Um outro sextil de Vénus, desta vez a Neptuno em Peixes traz a oportunidade de estabelecermos uma ponte entre o terreno e o celeste, entre o bem estar pessoal e o colectivo, entre a economia doméstica e os ideais de solidariedade social.

O pano de fundo é a já conhecida tensão entre os planetas lentos, a quadratura de Urano a Plutão e o quincúncio de Urano a Saturno em sextil a Plutão, ou seja as forças que querem transformar  sistema financeiro internacional através da maior interdependencia dos estados -Plutão em Capricórnio- em tensão com o potencial de revolta e agramentos súbidtos da crise em curso devido a acções radicais do colectivo Urano em Carneiro-  que põem em causa as politicas de transformação simbolizadas por Saturno em Escorpião.

astro_w2gw_111_carta_do_dia_hp.48120.5645

2 thoughts on “Quinta, 18/4-Prontos a fazermo-nos ouvidos

Add yours

  1. Pela primeira vez (posso ter andado distraído), constato uma distinção entre as previsões mais passageiras e aquelas que permanecem um período mais longo (“pano de fundo” referido na quinta-feira). Isso é muito bom porque dá ao leitor uma visão mais organizada das várias condicionantes. Sugiro a continuação desses alertas e continuo a sugerir a introdução de indicações sobre a “força” ou domínio dos vários aspectos focados, embora admita que nem sempre será fácil. Mas a questão é que, com frequência, sinto-me algo perdido com a simples sobreposição de previsões parcelares.
    De resto, cumprimentos pela consistência do trabalho e pelas análises mais aprofundadas que por vezes são emitidas. Carlos Simões

    1. Obrigada!Várias vezes ponho no texto as tendencias mais gerais mas talvez o melhor fosse ter uma pequena coluna no blog com esse calendário mais lato onde jogam os planetas lentos…. vou ver como fazer….

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑

<span>%d</span> bloggers like this: