Hoje é dia de Lua Nova em Virgem, tempo de organizar, fazer contas, analisar, pôr ao serviço, ser minucioso. No entanto, é difícil sermos objectivos numa Lua conjunta ao Sol já que este aspecto faz com que as emoções e o ego se fundam. É o interesse pessoal que nos move e assim, é um bom dia, se for preciso sermos calculistas, para preparar estratégias de transformação a pôr em prática durante a semana até que o Sol faça trígono a Plutão. Mas atenção, a tendência é a de oscilarmos entre idealizarmos soluções perfeitas e perdermo-nos nos detalhes com a oposição da Lua Nova a Neptuno em Peixes -o que também não dá grande clareza de propósito. E se seguirmos, sem pensar, os impulsos do coração batemos com a cabeça na parede já que o trígono de Fogo entre Vénus em Leão e Urano em Carneiro acaba por ser abafado pela conjunção de Marte a Saturno e seu quincúncio a Urano. Em resumo, a semana começa complicada, com a necessidade de pormos a organização das coisas em marcha, cheios de vontade de seguir os ímpetos mas sendo obrigados a refrear a acção por força de limites externos e a equilibrar a realidade e a fantasia num esforço de responsabilidade. A chave está em Mercúrio em Virgem sextil a Marte e Saturno em Escorpião que traz através da analise cuidadosa dos factos a possibilidade de agirmos de forma forte e eficaz.

astro_w2gw_125_carta_do_dia_hp.63428.53034