A chave da próxima semana está no controlo que tivermos de toda e qualquer resposta instintiva a mudanças nas relações, acordos, equilíbrios de paz e justiça. A tendência para agir ou reagir “estupidamente”, egoisticamente, vingativamente, brutalmente é o que mais facilmente pode vir a acontecer com Marte, planeta da afirmação, do exercício da vontade a avançar para uma conjunção exacta a Urano em Carneiro e uma quadratura a Plutão na próxima quinta feira. A Lua Cheia de ontem fez-nos sentir a polarização entre os ideais a seguir e o análise fria da realidade e já ontem, hoje e amanhã Marte está a fazer oposição ao Nódulo Norte em Balança. O que isto ilustra é que, apesar da necessidade de proceder a mudanças estruturais e apesar da dificuldade em concretizar o que idealizamos, é fundamental garantir como objectivo ter ou redefinir relações correctas apesar do ímpeto de entrar em conflito, cortar, vingar, explodir narcísicamente com Marte e Urano em trígono a Júpiter em Leão. Hoje a Lua ainda está em Virgem, entre uma oposição ao Quíron pela manhã e um sextil a Saturno pela noite, levando-nos da tentativa de compreensão do que está mal à oportunidade de criar novos padrões de pensamento para lidar com os processos em curso. Há que aproveitar para estudar bem a melhor forma de agir antes do agravamento dos impulsos….estes trânsitos de Marte podem ser verdadeiros tiros no pé…

A imagem é da obra “Guantes”- “Luvas” do  artista chileno do realismo mágico Juan Martinez Bengoechea.

astro_w2gw_125_carta_do_dia.68138.50694

Anúncios