Temos de revistar o passado para poder avançar para o futuro. Quais são os padrões impulsivos que temos tendência a manifestar, quais são os “tiros no pé” que damos quando não temos em conta o que dizem os parceiros, quais são os acordos que é preciso romper antes de firmar novas alianças? Será isto ou a consciência de qualquer coisa semelhante, em busca da harmonia,  que temos de afinar hoje com o Sol em Carneiro conjunto ao Nódulo Sul, oposto portanto ao Nódulo Norte em Balança. Assim, o ímpeto ou o hábito pode levar-nos a agir de forma egocêntrica mas rapidamente percebemos que não pode ser e que sem alianças não vamos a lado algum. Não quer isto dizer que não se tomem iniciativas. Aliás, com a entrada hoje de Mercúrio em Carneiro, estaremos mais prontos para falar com o fogo na boca mas esse fulgor deve apenas ser usado em prol de projectos que tenham consenso lato. Depois da tarde, GMT, a Lua entra em Virgem e faz quadratura a Saturno em Sagitário e somos forçados a ver os detalhes que não correspondem à ordem correcta ou ambicionada das coisas. Pela mesma hora Marte sai de Carneiro para entrar em Touro e a segurança, as garantias e o foco no valor é o que nos move, sem pressa, mas teimosamente em prol da estabilidade.

astro_w2gw_75_carta_do_dia.46338.19134

Anúncios