É complicado conseguir levar por diante os planos ambicionados porque parece que qualquer que seja a iniciativa há uma qualquer força maior que se lhes opõe. O facto é que também é difícil identificar exactamente o que se pretende já que são várias as opções que nos podem encantar. É a Lua em Capricórnio que pede ordem e a sua quadratura ao Sol e a Mercúrio em Carneiro que provoca fricções entre o ímpeto e as limitações estruturais. Em simultâneo Vénus em Gémeos deixa-nos na dúvida como conciliar tantas hipóteses atraentes, mais ainda porque uma quadratura a Neptuno em Peixes tinge de cor-de-rosa todas as realidades que julgamos ver. Com Marte em Touro em semi-sextil a Neptuno, podemos mesmo estar convencidos que o desejo de ver concretizadas as várias opções se vai concretizar. O melhor mesmo é não levarmos muito a sério nem desejos nem limites para que quando a Lua entrar em Aquário e fizer quadratura a Marte, pelo final do dia,  e com Vénus já a aproximar-se da oposição a Saturno, não sermos muito contrariados. A tela é de Pablo Picasso e chama-se ” Dois saltimbancos” astro_w2gw_125_carta_do_dia.56150.2098

Anúncios