Hoje é dia de Lua Nova e, como qualquer Lua Nova, tempo de inaugurar ciclos, semear intenções, definir prioridades. Por ser uma Lua Nova em Touro é tempo de dar novo valor ao que temos ou definir novos valores a alcançar. O Touro é regido por Vénus que se encontra em Caranguejo e isso dá-nos mais informação sobre o que é importante- valorizamos casa, família, país, segurança, tradição. Seria uma óptimo momento para arranjar dinheiro, comprar casa, investir seguro, ganhar raízes, não fossem as dificuldades que acompanham esta Lua Nova. Em primeiro lugar há que ver que Marte, apesar de estar em Gémeos,  está em aspecto a esta Lua Nova e que poucas horas depois a Lua em trânsito lhe faz conjunção- resultado, aumenta a tensão nas comunicações, provoca despesas, há discussão sobre o valor das coisas. Mais ainda, a estrela fixa Algol, de má fama- a mitologia dramática associa Algol a cabeças a rolar, cegueira e outras violências – Algol o olho da Medusa, cuja cabeça Perseu cortou e mostrou ao rei Polidetes que morreu de susto só de olhar para ela….- está a 26 graus de Touro,  que é o grau exacto desta Lua Nova- a notícia da sentença de morte do jovem terrorista de Boston e do presidente Morsi do Egito nas últimas 48 horas parece enquadrar-se bem na má imagem de Algol, o olho da Medusa.

Em linguagem mais moderada podemos talvez ver Algol como uma estrela que tem um efeito francamente transformador e esta sua conjunção a Sol, Lua e Marte em Lua Nova como a necessidade de termos um novo olhar sobre o que é importante e a força de o defendermos, em princípios bem assentes que correspondam á nossa verdadeira identidade- porque Saturno lhes está oposto em Sagitário e Júpiter regente do Sagitário está em Leão.
Vénus regente do Touro e deste ciclo que a Lua Nova hoje abre, fez há dias quadratura ao Nódulo Norte e aroxima-se de uma oposição a Plutão e quadratura a Urano. Está em Caranguejo a mostrar-nos a importância da segurança pessoal, dos valores que nos são essenciais, onde podemos alimentar o nosso bem-estar e relações satisfatórias. Na quadratura ao Nódulo já se tornou mais claro que relações ou que novos equilíbrios queremos obter. Nesta Lua Nova conjunta a Marte estamos prontos a lançar essas sementes e quando Vénus activar a quadratura de Urano a Plutão até ao final da semana, vemos que tudo está a mexer e as transformações que têm de ter lugar, estruturais e não só, para podemos passar a uma nova fase. Em trígono a Neptuno, Vénus reforça a importância do amor, compaixão, dádiva, valores espirituais a defender neste processo. Não vai ser fácil e há muita discussão, resistência, atrasos ou comunicações a levar a cabo para chegar tudo a bom porto. Mercúrio retrógrado a partir de dia 20 e até finais de Junho é o sinal dessa investigação, contactos ou negociação que ainda faltam fazer. Leia aqui mais sobre Mercúrio retrógrado. https://rositaiguana.com/2015/05/16/bem-aproveitar-mercurio-retrogrado/

Um possível resumo:nesta Lua Nova está nas nossas mãos definir porque vale a pena lutar para garantir que a nossa identidade e o nosso bem estar sejam salvaguardados. Com amor avança-se melhor nesse processo mas não podemos ter tudo e há bens e relações que vão ficar pelo caminho. A escolha das palavras certas é fundamental para as discussões a haver nos próximos tempos.

A imagem da Lua Nova de hoje é da NASA

 

astro_w2gw_46_lua_nova_18_4.63339.32048

new-moon