Abre-se hoje um ciclo lunar em que o foco é a informação, a viagem, o conhecimento, a negociação, a troca de ideias apoiadas no que distingue uns dos outros. Que uma coisa também pode ser o seu contrário é a grande lição da Lua Nova desta tarde, pelas 14 horas GMT, a 24 graus de Gémeos, uma Lua naturalmente conjunta ao Sol mas também conjunta a Marte e em sextil a Júpiter em Leão e a Urano em Carneiro. A conjunção a Marte estimula ainda mais prosseguirmos as iniciativas recomendadas numa Lua Nova e os aspectos a Júpiter e a Urano ajudam a que as sementes lançadas correspondam a projectos originais e respeito da diferença. O plano geral desta lunação diz-nos também que as iniciativas que tomarmos têm de ter como objectivo resolver feridas antigas de solidariedade- isto é bom prenúncio para novo round de negociações da dívida grega- já que Sol e Lua estão em quadratura a Quíron em Peixes e em quincúncio a Saturno de regresso a Escorpião- trata-se definitivamente de questões de contas conjuntas, sejam dívidas emocionais ou bancárias que é preciso estruturar. Vive-se a tensão e tem de se encontrar um terceira via para a resolver. O quincúncio de Vénus em Leão a Neptuno em Peixes obriga a afastar muitos véus percebermos qual é a nossa Verdade e qual é a dos outros. Só depois é que se podem pôr as cartas na mesa e perceber a aposta desta Lua Nova para jogadores.

A tela é de Cezanne e chama-se ” Os jogadores de cartas”

astro_w2gw_75_carta_do_dia.62999.17249

Cezanne_The_Card_Players_Barnes

Anúncios