A dívida deve ser renegociada.

Do dia 2 ao 7 de Agosto é preciso manter a calma, controle emocional e focar nos objetivos maiores, especialmente dia 3, quando Mercúrio Júpiter e Vênus em Leão fazem quadratura com Saturno

O diálogo pode ser favorável, mas é preciso ter paciência quando Saturno está envolvido, o trabalho pode ser cansativo, demorar mais do que o normal ou o resultado ser menor que o esperado…..

No final, Plutão em Capricórnio e Saturno ainda em Escorpião superam essas oscilações e inconstâncias (trazidas pela quadratura Marte Cancer quadrado Urano Áries)

Com Marte na Casa 1, os conflitos ocorrem em solo próprio. Mas a tendência é acabar por aceitarem e continuarem no caminho tomado, ir pagando e liquidando a dívida aos poucos, à medida que o empréstimo sair ou for renegociado.

Júpiter vai transitar sobre a Vênus progredida da Grécia e isso é um bom sinal. Pode indicar favorecimentos financeiros, ganhos, bônus, abono, adiantamento. Podemos ver diálogo, acordos, revisões passadas por Mercúrio a caminho e re-acordadas por Vênus retrógrado a fazer conjunção a Vênus progredida da Grécia. Em Leão, trata-se de ter estratégia, de ver a melhor e optar pela que dê melhor equilíbrio.

A saída através das parcerias certas é importante assim como  a revisão de posições individuais que tragam mais autonomia, progresso e liberdade- no futuro (Urano em Áries)

Lembrando que Plutão está na Casa 7 – a das parcerias- e não larga o osso, é , nesta área, onde, com persistência, se transforma sem nunca desistir, refazendo em retalhos. Por isso a melhor solução até agora foi a de manter os parceiros europeus, ainda que sendo duros e até ameaçando a “saúde” e resistência do povo grego. Esses parceiros- os “outros” de casa 7 revolvem as bases e estruturas (Capricórnio) e trazem à tona o que está mal na relação para ser re-definida – Plutão em trânsito está oposto ao Ascendente natal da Grécia em Câncer.

A resistência nas eleições e delonga nas conversas pelo acordo simbolizadas pela actual quadratura com Saturno quebrou um pouco a força da Alemanha. Plutão pode trazer de volta à Grécia, o seu poder e carisma como país, a atração e apoio público e chances de recuperação, a médio/longo prazo.

O Nódulo Norte está sobre o Mercúrio progredido do primeiro ministro grego, Tsipras, (se os dados forem corretos) o que aponta saída – através da sua habilidade de comunicação, (convencer, conversar, dialogar, elaborar contratos e atrair assinaturas) – em Libra, ponderando e acordando com as partes, para re-encontrar equilíbrios.

O ciclo da Lua Nova em Câncer de Julho indicou o arranque desta fase de projecção de saídas que tragam equilíbrio. No entanto, devido aos limites da quadratura de Vénus a Saturno, tudo deverá ser bem calculado, há que agir com prudência, as relações são vistas de forma séria, exigente, tudo exige tempo, esforço, fôlego- tudo cansa e atrasa, – pode dar lentidão para finalmente se encontrar uma resolução, no final da quadratura quando pode aparecer uma nova proposta ou situação mais favorável, já que Vênus retrógrada obriga a rever, repensar os acordos na mesa. Vénus ao passer na retrogradação por Leão pode permitir esse repensar até com generosidade da questão da dívida e trazer soluções criativas ou mesmo inesperadas, como o perdão de toda ela ou de uma parte significante (Vênus Trígono Urano).

Mais aspectos a ter em conta

Até Março de 2016, Plutão ainda vai trazer algumas situações difíceis, já que faz oposição com o Ascendente e com Saturno, o planeta da segurança e estrutura.

Díficil também agora, a quadratura de Saturno em Escorpião em trânsito sobre o Marte Natal e Vênus Progredida da Grécia que pode estar provocando atrasos e frustrações. Saturno embarrera a troca financeira (Vênus) e impede Marte de agir-Júpiter – Saturno em quadratura no céu nas próximas semanas, pode alterar o quadro e o ambiente politico. Saturno “enxuga” Júpiter, que se prepara para uma fase – de economia e poupança (Virgem) e que vai durar até Setembro de 2016.

Pode trazer desgaste na imagem de pessoas importantes ou no poder, diminuir o crescimento financeiro, enfraquecendo o que não estiver bem enraizado (Lunação Câncer) Como Saturno em trânsito cai na Casa 5 da Grécia, aponta para os cortes feitos no “time” do governo.

Depois, já na Casa 6, Saturno pode trazer dificuldade na oferta de trabalho e emprego, setores de serviço e saúde. Em Sagitário, são as áreas de turismo e hotelaria que trarão novas oportunidades de crescimento, oferta de emprego e de serviços, ajudando a reaquecer a economia interna (Saturno Sagitário Casa 6) . Mas o crescimento é possível a médio/longo prazo com Saturno e Capricórnio (Plutão) envolvidos.

Em simultâneo, a crise financeira está gerando uma ebulição na política. Onde está Escorpião é onde ocorre uma “limpeza”, expurgo, para depois se poder avançar e crescer com segurança, trazendo a expansão prometida por Saturno em Sagitário (note que Saturno é essa expansão lenta e gradual, mas em Sagitário a partir de 18 de Setembro a Grécia terá mais oportunidade de evoluir).

Outro aspecto significativo é a Lua conjunta a Saturno – dá bom senso para lidar com a realidade da situação e, em Escorpião, indica a tendência para rematar dívidas, o toda ou parte. Escorpião é signo dos finais de situação, quando em trânsito. Se tal não acontecer agora, pode ocorrer até o mês de Chesvan ou Escorpião (Out/Nov). As chances ou possibilidades vêm do trânsito atual de Júpiter, o benéfico, sobre a Vênus progredida da Grécia, – isto pode ser lido como uma promessa de que esse alívio possa entrar em andamento nos próximos ciclos de Lua Nova até ao fim do Outono.

A fase crescente da Lua remete ao fim de uma fase que trará novas aberturas e permitirá crescimento (Saturno mais adiante em Sagitário trígono Sol/sextil Lua Plutão – retoma as forças, o poder, regenera, recupera)

O ciclo dessa Lua Nova termina com nota positiva com os planetas em Leão. Cabalisticamente é o mês de Av – uma fase que começa com dificuldades, energeticamente negativa, que pede atenção e consciência. Mas, na Lua Cheia de 31 de Julho entrou um nova energia mais forte e positiva, que ilumina tudo, traz renovação e calor, dá vida a sonhos e projetos. É esta Lua que abre caminhos e prepara para o Rosh Hashaná (Setembro/Outubro)- Ano Novo Lunar, que é quando vemos muitos dos nossos esforços finalmente se realizando no concreto.

O caminho a tomar

O Meio do Céu Progredido da Grécia está em Touro e o melhor caminho a tomar é seguir a Vênus, ou seja, fechar acordos, fazer parcerias, ver caminhos de equilíbrio e não de confronto, para depois em Virgem, trazer a estabilidade e optimizar o sistema através da oferta de serviços e produtos

Plutão na Casa 7 revela recuperação, o que se começa agora é uma longa estrada e aponta tendências futuras. Algumas estruturas estão ruindo para dar vez a um ar novo que está entrando com Urano na casa 10. É importante fazer planejamento e ter estratégia quando a Vênus voltar para Leão (Julh- Ago).

Plutão na 7 indica –entre outras coisas – que o outro se apresenta “poderoso” e extremado (Plutão), pode trazer situações de “tudo ou nada”. É preciso agir com prudência (Marte quadrado Saturno) para evitar confrontos e não haver desgaste de imagem ou na ação política da Grécia (N. Norte Libra).

No outro lado da moeda, pode também ser o momento da Grécia reagir internamente, “absorver” esse Plutão e ela mesma se tornar poderosa, se empoderar na relação com o outro (casa 7), rever valores, reaver “tesouros” de sua cultura, ou mesmo toda essa situação que a está colocando em evidência, fazendo voltar à atualidade antigos valores que abarcam sua origem.

(Me lembro quando Urano estava em Capricórnio junto com Netuno, os estilos traziam inovação em antigas tendências, o Muro de Berlim caiu, muitas coisas importantes aconteceram de lá pra cá, levou anos para que pudéssemos ver a importância do ciclo).

Plutão em Capricórnio na casa 7 aponta um ciclo que intensifica as relações comerciais, tudo o que fizer agora vai pautar e repercutir ao longo das próximas gerações. Plutão na 7 diz que aos poucos deve retomar o crescimento e se empoderar, ao intensificar contatos, trocas e relações que tragam movimento para o mercado interno, e alcançar gradualmente transformação e autonomia.

Plutão em trânsito está em Oposição ao Ascendente. Querendo ou não, no momento a sensação é de ameaça, eles se sentem ameaçados, numa situação extrema imposta pelo outro- casa 7-  Plutão em oposição a Saturno – como tudo isso afetou e vem afetando as pessoas de idade e pensão no país

O Nodo Norte está ajudando, passou pela Lua Natal que é em Libra, favoreceu as recentes negociações. É preciso ter calma ao se buscar acordos, parcerias e apoios, ter diplomacia para sair da crise, saber unir os opostos e manter o equilíbrio (N. Norte em Libra), mas também pegar um pouco desse Plutão na 7, ser persistente com o outro na hora de defender seus interesses, direitos e necessidades

O outro (e o povo) traz situações onde tenha que se resolver a situação na base do “tudo ou nada” (Plutão) e Capricórnio pede constância, cautela, não se deixar pressionar pelo outro, ser constante e saber sair do conflito, os resultados podem vir a médio/longo prazo….

Ainda devem se manter na Zona do Euro, os acordos feitos tendem a continuidade, embora passem esses 3 meses fechando as conversações e os diálogos…. pode ser uma fase para alterações e ajustes, buscando-se resolver a crise, até que se altere o quadro finalmente

Depois N. Norte e Júpiter em Virgem em bom aspecto com Plutão, acordos financeiros melhores podem sair mais à frente, uma fase de maior estabilidade

Pode haver muito trabalho e conversação em Agosto. Com  Saturno quadrado ao Sol e Mercúrio em trânsito sobre o Mercúrio da Grécia, pode ser um período que traz abertura através do diálogo, acordos e assinaturas. Mercúrio e N.Norte em trânsito vão tocar Plutão e Lua da Grécia, as saídas se darão através do diálogo, acordos, trocas e possibilidade de ganhos, para quitar a dívida ou parte dela

Quando Vénus estiver de novo  em movimento direto em signo fixo  isso indica uma saída favorável e duradoura, traz os elementos necessários para abrandar as dificuldades geradas na crise. Em Leão, é necessário ter estratégia financeira em meio aos eventuais ganhos (Vénus conjunta a Vénus progredida) de modo que consigam uma mudança positiva (Vénus Urano), mesmo que não seja de todo (Vénus Urano – Vénus quadrada Saturno)

O crescimento virá da criação de novas estratégias (Vénus Leão – Urano), empoderamento nas relações comercias através de uma retoma da oferta e produção (Plutão na 7).

O futuro próximo

No final de Setembro de 2015, Júpiter já em Virgem irá favorecer e trazer crescimento, expansão pois passa em cima do Sol progredido da Grécia e isso dá prosseguimento à fase positiva iniciada com a passagem de Júpiter sobre sua Vênus.

Talvez possa apontar também para esse período a necessidade de se ter mais atenção com a situação causada pela entrada de refugiados e estrangeiros no país – Jupiter oposição Netuno.Pode pedir cuidado com doenças e contágios trazidas por esses grupos ou pessoas de fora.  Na questão da saúde, há cuidados a ter nos próximos meses, é necessário atuar de forma preventiva e ter cuidado com epidemias _ Netuno da Grécia quadrado Netuno em transito_ Júpiter em transito oposto Netuno em trânsito ……….. envolve Netuno em peixes….. não é a toa que o “invasor” vem pelas águas……

Mas, em geral, Júpiter sobre o Sol progredido no fim de Setembro pode apontar o início de uma fase próspera, de trabalho e serviço crescente e também de economia e poupança (Virgem)”

 

Até 18 de Outubro pode haver dificuldade, atrasos, desgastes, controle, perda ou contenção por conta da Vênus quadrando Saturno.

Saturno na 6 pode indicar cuidados na área da saúde e mudanças no Governo. O quadro muda e fica mais flexível a partir da segunda quinzena de Outubro quando Vênus conclui o ciclo e fecha a sequência de quadraturas com Saturno, que trouxeram todas as dificuldades com prazos e setor financeiro (e nas relações políticas)

Em Outubro, Sol em Libra faz conjunção com Urano da Grécia, traz novas aberturas e interesse em tecnologia, inovação no mercado.

Em Setembro de 2016, Júpiter vai estar em Libra sobre a Lua e Plutão Natal, favorecendo o ambiente interno do país, a paz, harmonia e concórdia nas relações de um modo geral, fomentando boas negociações e crescimento

Júpiter em Libra vai dar apoio ao Sol Natal em Leão da Grécia e renovar a identidade do país. Pode representar um ganho extra, um bônus financeiro contribuindo para o retorno do crédito, uma fase de retomada e bem estar interno.

Pode representar o perdão da dívida, ou uma parte dela

Urano na Casa 10 traz mudanças para os próximos anos, no formato político-social da Grécia, vai trazer mudanças e inovação no modo como se apresenta para o mundo e também no ambiente político

Apesar das turbulências geradas pelos aspectos difíceis, Plutão em Capricórnio acaba por seguir adiante e levar a cabo as transformações de modo a trazer recuperação lenta e gradual, algo que veremos nos próximos anos

É certo aos poucos a sua recuperação…. é um longo caminho até 2018 quando a Lua progredida em Touro vai se unir ao MC e dar um novo sentido, inaugurar uma nova identidade com novas bases e mais firmes (Touro)……

Yvonne Cantrell

yvsanne@gmail.com

https://www.facebook.com/ycantrell1

2 de Agosto 2015

11774477_10200874141531980_448241825_n

 

 

Anúncios