Estamos hoje mais aliviados das tensões da semana, apesar de sabermos que o descanso é temporário. A Lua este sábado termina a sua passagem por Balança numa réstia de busca de harmonia depois dos confrontos de ontem e antes de amanhã entrar em Escorpião para depois começarmos a semana com franco espírito combativo. Assim, podemos hoje prepararmo-nos para os próximos embates ou etapas dos processos de transformação em curso, apoiados no sextil de Marte em Escorpião a Mercúrio e Plutão em Capricórnio. Júpiter e o Nódulo Norte continuam conjuntos em Virgem como sinal de longa duração da importância do sentido prático, do dever e da análise detalhada de contas e organizações enquanto um sextil de Vénus em Capricórnio a Neptuno em Peixes nos inspira a progredir no caminho de tornar os sonhos realidade, de estruturar e materializar os valores que nos guiam. É essa ambição e choque com a realidade ou forças maiores que na próxima semana vai ser avaliada pela quadratura do Sol a Marte e conjunção de Vénus a Plutão, com a semana a começar com a Lua em Escorpião conjunta a Marte que nos expõe aos confrontos. O melhor é, este sábado, com a Lua ainda em Balança ouvirmos os outros e estar atento aos curto-circuitos nas informações  com Mercúrio quadrado a Urano,  para melhor projectarmos como mais tarde dialogar novos equilíbrios nas relações.

A fotografia é de André Kertesz, húngaro-americano 1894-1985.
astro_w2gw_28_carta_do_dia.49135.40441

kertesz_print43

 

Anúncios