Gostaríamos de viver num mundo ideal sem conflitos nem limites mas não é assim e hoje é um daqueles dias em que há que encarar o que tem de ser feito, com regras, trabalho e mesmo alguma discussão. O que não for válido terá de ser abandonado e é melhor que assim seja.  Como pano de fundo hoje e nos próximos dias temos o Sol em Peixes em quadratura a Saturno em Sagitário o que se traduz numa frustração de sonhos e ilusões, numa chamada à realidade com regras e princípios, obrigatória para levar por diante o que sonhamos fazer. O outro aspecto que hoje e amanhã tolda a facilidade de entendimento é a quadratura de Mercúrio em Aquário a Marte em Escorpião: desejamos fazer transformações profundas mas a comunicação dos esforços e a liberdade de expressão é factor de tensão, discussão ou mesmo conflito aberto.  Estamos também prontos a dar tudo por tudo, trabalhar arduamente com sentido de serviço e com isso alterar a ordem existente, a estrutura das coisas, no trabalho ou em casa, devido ao trígono de Júpiter em Virgem a Plutão em Capricórnio. Mas uma quadratura de Júpiter a Saturno em Sagitário é o sinal de que trabalhar muito não serve propósito algum se não houver primeiro limites e definição de regras. A Lua hoje em Capricórnio, conjunta a Plutão, trígono a Júpiter e quadrada a Urano em Carneiro torna-nos mais ambiciosos porque mais desejosos de controlar os processos de mudança, com esforço e dedicação mas também capazes de dizer não e de nos libertarmos de condições não adequadas. Em resumo, um dia chave na agenda no futuro em que a paciência e clareza são as virtudes que ajudam a desbloquear situações e a amenizar conflitos.

O quadro é do pintor contemporâneo escocês Jack Hogan- Vettriano.
astro_w2gw_28_carta_do_dia.71915.7873

2189445220_9aa743f120_z

Anúncios