Há muito a fazer nesta Lua Nova de Touro. Não se pode ir depressa e tem de se atender aos detalhes. O que está em causa, o que é preciso semear são valores seguros, materiais, financeiros, casa, terra, bens palpáveis, riqueza ou o que quer que seja a que demos valor. Temos vindo a identificar o que é válido e a partir de hoje podemos começar a lançar as bases dessa apropriação de facto ou tomada de consciência para que, na Lua Cheia de 21, já com..Júpiter directo e Mercúrio estacionário, novos horizontes se abram e possamos  pensar de outra forma ou noutros assuntos no final do mês. Temos de descobrir hoje novos valores e dar-lhes forma.

A dificuldade desta Lua Nova reside no quincúncio de Saturno em Sagitário e no de Marte a Vénus: parece haver uma qualquer força que não permite o entusiasmo, a fluidez ou simplicidade na apreciação do que se queria bom e belo. Tristeza, falta de confiança, baixa autoestima são riscos se sentirmos que apesar dos esforços não estamos a conseguir materializar os desejos.  A chave está em pensar a longo prazo e aceitar que o que não se conseguir agora será mais tarde possível, com outra preparação e outra vontade – respeitados os tempos de Mercúrio, Marte, Júpiter, Saturno e Plutão retrógrados… é muita coisa…
astro_w2gw_28_carta_do_dia.33514.25698

 

Anúncios