Por Clara Days
Palavras-chave: Esperança; inspiração; generosidade; serenidade.
A Estrela é uma mulher, junto de água, de noite, em busca do caminho que lhe guie os passos. A Estrela é um despertar, relembrando-nos que todos somos feitos da mesma matéria, que todos temos dentro a beleza das estrelas.
É a luz que orienta, vinda de cima, luz suave e optimista que nos inspira a acreditar que  o que está à nossa frente será bom e trará felicidade. Sendo uma carta muito espiritual, não nos fala propriamente de grandes sucessos financeiros ou feitos heróicos, antes do encontrar a harmonia na nossa vida e do atingir a paz interior.

Foi pelas estrelas que os antigos aprenderam a encontrar no mar o seu rumo, de noite, a direcção certeira que a luz do Sol diurno nos impede de ver. Enquanto a Lua fala da nossa vida interior, do nosso lado secreto e sombrio, enquanto o Sol nos dá a afirmação da identidade e a força de nos expandirmos, a Estrela mostra o caminho. Ela acentua também em nós a esperança, a humildade e o optimismo.
As imagens das cartas apresentam quase sempre uma figura feminina central, mostrando assim que o mais importante não é a Estrela-astro em si, mas o que ela nos transmite. A presença da água junto dela é quase uma constante, a água que flui e representa o lado emocional e sensitivo. Em grande parte das soluções visuais a mulher está nua, ou muito pouco vestida, mostrando-se sem receio de se expor. Junto da água, e a exemplo do que acontece com a Temperança / Arte, tem duas vasilhas, e tembém na maior parte dos casos um pé na água, o outro em terra. Aqui simboliza a harmonia entre o ser (água) e o fazer (terra), entre espírito e matéria. Mas no caso da Estrela as vasilhas que a mulher verte são derramadas no curso do ribeiro ou rio, ou uma em terra e a outra na água, acrescentando de si a energia emocional que alimenta o fluxo colectivo. E, curiosamente, a Estrela está no céu, mas a mulher está frequentemente de costas para ela, inclinando-se antes para a água.
Não é pois por acaso que esta Estrela está associada astrologicamente ao signo de Aquário, ele também representado por uma mulher que despeja a vasilha de água, o signo da elevação dos valores do colectivo. A letra hebraica que se lhe associa é HE ou HETH, a abertura, a janela. O seu título esotérico tem duas designações: “A Filha do Firmamento” ou “O Habitante entre as Águas”.

Esta semana estaremos então iluminados por esta carta favorável, sugerindo que o desejo e a energia pessoal são essenciais para encontrar a felicidade. A luz-guia da Estrela dá-nos esta certeza de escolhermos o caminho certo, que nos levará à harmonia.

Clara Days
Imagem: kundalini tarotcards

Anúncios