Por Clara Days
Palavras-chave: fecundidade; natureza; sentidos; forças da vida.
Esta Imperatriz é sem dúvida um dos Arcanos Maiores mais próximos das religiões primitivas de todo o mundo. Ela representa a Mãe e a Natureza. Fecunda e protectora, sob a sua influência a criação mostra-se em todo o seu esplendor. Ela é Gaia, a Mãe-Terra, a Grande Mãe, a essência feminina no seu lado físico e concreto.
É tempo de nutrir, de acarinhar, de cuidar, tanto dos outros como também de nós. Se na semana passada fomos convidados para a busca espiritual pela Sacerdotisa, agora é o nosso lado terreno, concreto, que é convocado.
A Imperatriz pede atenção e dedicação ao nosso corpo físico, por que somos responsáveis. É momento de aceitar vontades, desejos, instintos, como parte integrante de quem somos, pois só assim os poderemos dominar. Recebemos alimento e carinho, experimentamos sensações. Esta semana, a Imperatriz ajuda-nos a curar as nossas emoções.

As representações da Imperatriz, nos diferentes baralhos, associam-na muito aos elementos naturais, a flores, ao campo. Embora possa estar sentada no seu trono, com o escudo aos pés, a atitude não é hierática nem dominadora. Há sempre doçura nesta personagem. Frequentemente, a Imperatriz é representada grávida. Espigas ou outros símbolos de colheita acompanham o cenário, em celebração da fecundidade. Os seus adornos de realeza resultam discretos, porque o cenário tende a ser exuberante. Muitas vezes surge coroada de flores ou estrelas.
Astrologicamente aparece associada ao planeta Vénus, que representa a atracção entre os seres. A letra hebraica que lhe corresponde é DALETH, a porta. O seu título esotérico é “A Filha dos Poderosos Uns”.

Esta semana seremos influenciados pela energia benevolente deste Arcano III, a Imperatriz / Mãe. Tudo indica que os dias podem ser reconfortantes, amáveis, virados para os sentidos e não tanto para a razão.
Boa semana!

Clara Days
Imagem  – The Druidcraft Tarot

Anúncios