É tempo para afirmar grandes ideias, o amor próprio, persuadir os outros com entusiamo e confiança do que consideramos ser as bases de segurança, nossas e do colectivo. Mas tem que haver mudanças envolvidas. Com Mercúrio e Vénus agora em Leão, algum dramatismo acompanha a expressão da razão e desejo mas há princípios que estão subjacentes e com o avanço destes dois planetas na próxima semana para um trígono a Saturno retrógrado em Sagitário, a verdade que nos move vai tornando-se cada vez mais clara – tanto para nós próprios como para quem nos ouve.

Esse calor do discurso e apresentação vem hoje acompanhado da ferocidade emocional com que queremos mudar ou controlar os processos de transformação em curso, em casa, no trabalho, no poder que tem ou se partilha. Com a Lua em Escorpião conjunta a Marte podemos mover montanhas mas o seu trígono ao Sol em Caranguejo já é suficiente para mudar de casa, mudar a ordem das relações em casa, recriar segurança emocional, familiar ou nacional. Marte e Lua em quincúncio a Urano pedem que ousemos fazer diferente, mas bem pensado. E se for belo ou amoroso ficamos satisfeitos

astro_w2gw_28_carta_do_dia.61698.32003

Anúncios