O amor dá trabalho, o dinheiro custa a ganhar, o que valorizamos tem custos, cuidar ou servir não faz a gratificação esperada, nada é simplesmente belo ou amoroso ou satisfatório…pode haver solidão apesar do optimismo com que queremos encarar os desafios em curso. É a quadratura de Vénus em Virgem a Saturno em Sagitário que esfria o entusiasmo da Lua também em Sagitário enquanto o Nódulo Norte, Mercúrio e Júpiter também em Virgem encorajam a seriedade de propósito, análise da situação e sentido de serviço. É preciso também descobrir como fazer diferente, qual a terceira via, como inovar e sair dos velhos impasses, com a Lua em trígono a Urano em Carneiro que está em quincúncio a Júpiter em Virgem. E para que tudo corra bem há que ser honesto, muito honesto com o que nos move, muito consciente das relações e do que queremos vir a valorizar já que Saturno – que tem estado retrógrado desde Março- entra hoje estacionário – em quadratura a Vénus – e vai passar a directo. Acabou o tempo de reflexão, agora é tempo de arrumar as ideias e pôr em prática os limites e responsabilidades na estruturação dos nossos planos de expansão. O futuro vem aí…

astro_w2gw_28_carta_do_dia.30168.29235

Anúncios