O impacto dos acontecimentos do fim-de-semana obriga-nos a vários contactos, procura e disseminação de informação, comunicar em geral mas sempre com a racionalidade em tensão com as emoções, toldadas por carências, confusões ou ideologias. Depois da conjunção do Sol a Plutão em Capricórnio nos últimos dias, é a Lua em Gémeos que nos pode flexibilidade para poder gerir todos os dados de forma mental apesar do conflito com as emoções provocado pela quadratura da Lua a Vénus, Marte Neptuno e Quíron em Peixes. Por isso mesmo o esforço deve ser o da cabeça fria para poder orientar os assuntos e identificar o que é importante sem estar toldado por respostas instintivas nem pela enorme influência dos outros, com a Lua em vésperas de um trígono de Ar a Júpiter em Balança. A semana começa acelerada e potencialmente confusa apenas controlada pelo planeamento inteligente que tenha em conta os impactos a longo prazo, vindo da Lua a caminho de uma oposição a Saturno em Sagitário.

astro_w2gw_28_carta_do_dia-60422-15873

Anúncios