O Sol entra hoje em Peixes, com a Lua ainda em Escorpião,  sinal de que estamos a sair de uma situação de crise e é com empatia, sensibilidade e/ou algum sentido espiritual que encaramos os próximos desenvolvimentos. É preciso no entanto algum sentido crítico e prático para não deixar que a ilusão turve objectivos  e análise de impactos. Júpiter em Balança oposto a Urano em Carneiro obriga a encontrar um equilíbrio entre o que fazemos por iniciativa própria e o que vamos beber a fontes alheias, o espírito independente e os benefícios da concertação, o impulso e a diplomacia. Esse dilema é resolvido pelos bons aspectos de Saturno em Sagitário ao Sol, Urano e Júpiter que permitem concentrarmo-nos no que é a Verdade que queremos a longo prazo e qual deve ser a postura de base para gerir compromissos ideais. Munidos de princípios, meios e fins avançamos para a quadratura de Marte em Carneiro a Plutão em Capricórnio, exacta  em meados da próxima semana, que forçosamente traz mudanças na ordem ou organização existente. Quanto mais bem pensada, equilibrada, legal, regenerativa for a postura agora adoptada, menos violentos os conflitos de interesse e poder que essa quadratura pode estimular. astro_w2gw_28_carta_do_dia-64515-23836

Anúncios