Há uma enorme impaciência que perturba o já difícil equilíbrio entre o que queremos e o que nos pedem, o que o ímpeto parece não controlar e as regras de bom relacionamento, entre entrar em guerra e fazer a paz. A conjunção da Lua a Vénus, Urano e Marte, oposição a Júpiter em Balança e os aspectos a Saturno em Sagitário são a chave do desejo de romper amarras e justificar o impulso com a perspectiva de uma outra ordem a longo prazo, com uma nova perspectiva de quem são os parceiros. São bons aspectos para quem sonha em mudar de emprego ou parcerias com Neptuno e Sol conjuntos em Peixes a estimular a imaginação de uma qualquer nova situação ideal. Mas se queremos ficar com o que tinhamos tudo se complica porque resistir não é o que os Céus pedem já que Vénus está já em quadratura a Plutão em Capricórnio e algo terá de ceder e dar lugar a novas estruturas e novas partilhas de responsabilidades, controlos, poderes. O Inverno está a acabar.

astro_w2gw_28_carta_do_dia-47571-29594

Anúncios