Ter, querer por querer, querer ter confundem-se hoje e podemos ficar embrulhados no desejo de satisfação pessoal até que o foco passe para a busca de resultados úteis ou actividades com sentido. Marte entra em Touro com Vénus seu regente em trânsito em Carneiro que Marte rege, numa recepção mútua que torna indissociável o desejo de acção e a obtenção de resultados materiais, ou contentamento dos sentidos. Persistência não falta e pode acabar por ser bem canalizada graças ao trígono de Marte ao Nódulo Norte em Virgem, a que se junta a Lua, pelas 10 da noite, com sentido crítico aliado ao desejo de atingir resultados ideais que sarem feridas ou resolvam carências com Mercúrio conjunto ao Sol e a Quíron em Peixes. Enquanto a Lua estiver em Leão, que é na maior parte do dia, a tendência é para avançar orgulhosamente na busca da materialização do desejo mas não deixa de ser necessário prestar atenção aos sentimentos alheios e ao que no fundo nos move para além do desejo, com Mercúrio, Sol e Quíron em quincúncio a Júpiter em Balança, regida por Vénus. Só isso alivia o egocentrismo do Leão e permite arrumar ideias, afinar objectivos e avançar com planos concretos e úteis a longo prazo, com mais consideração pelos outros, quando a Lua, nos últimos graus de Leão fizer trígono a Saturno em Sagitário, para de seguida sentido à ambição ao entrar em Virgem, trígono a Marte conjunta ao Nódulo Norte e a caminho de um trigono a Plutão.

Anúncios