É devagar com inexoravelmente que desde ontem começamos a desenvolver respostas práticas mas sólidas aos desafios na mesa, depois da Lua Nova conjunta ao Sol em Touro, em trígono ao Nódulo Norte em Virgem. A Lua vai ainda estar em Touro durante todo o dia, a fazer bons aspectos as Plutão em Capricórnio e a Urano e Mercúrio em Carneiro, o que permite organizar avanços inteligentes, mais ainda porque Urano e Mercúrio estão em trígono a Saturno em Sagitário. Quanto mais avançarmos hoje nos preparativos melhor, porque amanhã Vénus entra em Carneiro e o desejo de acção porque sabemos o que queremos deixa para trás a energia de Vénus em Peixes e da satisfação com a compreensão do que estava em jogo, ao mesmo tempo que a Lua passa para Gémeos onde fará conjunção a Marte e a discussão sobre os  resultados pretendidos é inevitável. Há feridas que só se ultrapassam, digerida a verdade, com o conhecimento dos fundamentos e aceitação de restrições ou regras, com Saturno em quadratura a Quíron em Peixes, um trânsito longo, ao longo do qual vamos sendo desafiados a lidar com não dito através de provas na gestão das relações devido à quadratura de Júpiter em Balança a Plutão em Capricórnio. A que damos valor e as carências de amor próprio iluminadas pelos trânsitos de Sol e Lua em Touro, sã o que é preciso estabelecer como base de segurança, antes de partir para os próximos desenvolvimentos, com ou sem conflito.

Anúncios