Pensar antes de falar para acertar exactamente no alvo é o desafio do dia, hoje que tanto queremos garantir a segurança dos próximos movimentos, do que nos é familiar, das bases da  nossa tranquilidade emocional. Há um sonho ou aspiração  que orienta essa busca de seguranças a vários níveis que vem do trígono do Sol, Mercúrio e Marte em Caranguejo a Neptuno em Peixes. Estamos pró-activos nessa dedicação a transformações  profundas, obras de melhoramento ou mudanças radicais em casa ou na ordem de que dependemos, com Mercúrio e Marte em oposição a Plutão em Capricórnio.  Mas quaisquer impulsos têm de ser temperados com objetividade e sentido do futuro, já que a Lua, regente do Caranguejo está em Leão, hoje conjunta ao Nódulo Norte, em trígono a Saturno em Sagitário e trígono também a Urano em Carneiro.  Conciliar acção independente, inovação e a articulação com os múltiplos parceiros envolvidos só pode resultar com uma escolha de palavras que sobreponham a lógica ao intuitivo, a inteligência racional à resposta emocional, a imaturidade à sabedoria. Os trígonos de Mercúrio e Marte em Caranguejo a Neptuno em Peixes e a sua quadratura a Júpiter em Balança implicam um excesso de ênfase emocional quase como se não se olhasse para a real e se tingisse as comunicações com esse véu criando confusão e mesmo engano ou conflito. A quadratura de Vénus em Touro à Lua em Leão resume o dia: não vale a pena fazer chamadas de atenção nem exagerar gostos e desgostos. As coisas têm o valor que têm e há que o reconhecer de forma pragmática, quando procuramos defender a  segurança emocional, doméstica, familiar, nacional, escolhendo as palavras, fazendo bem as contas.

Anúncios