Até à tarde são ainda as questões de ordem, arrumação, serviço, detalhes que nos preocupam mas, de seguida, é para o equilíbrio das relações que nos viramos sempre sob uma lógica de eficiência ou de pragmatismo sobre o que há a gerir nos contactos ou em negociações,  com a Lua a passar, depois do almoço, de Virgem para Balança e Mercúrio nos primeiros graus de Virgem – que rege. Apesar da atenção aos pormenores que este Mercúrio estimula, uma serie de aspectos de Júpiter a Plutão, Vénus, Saturno e Neptuno faz com que seja precisa uma atenção redobrada para não cairmos em exageros, confusões, entusiasmos ou conclusões erradas porque podemos ver  nos outros mais ou melhor do que de facto têm para oferecer. A Lua em Balança, pela tarde ajuda a entender  os dois lados dos conflitos de interesse mas como também fará conjunção a Júpiter amanhã, tanto as justiças como as injustiças tomam grande amplitude  e extremam respostas emocionais como se só pudesse haver paz depois da guerra. Sol e Marte continuam conjuntos em Leão, em sextil à Lua pelo final da tarde, e poderemos orgulhar-nos do que somos capazes de conseguir, desde que tenhamos sido capazes de harmonizar instinto e vontade, com  respeito por outros pontos de vista. É uma questão de sobrevivência.

 

Anúncios