Tal como ontem é muito importante hoje continuar a procura de respostas para as transformações emocionais, domésticas ou  familiares em curso. Exprimir as dúvidas, estar atento a opções, dizer o que se sente e o que não se sente ou sabe, mesmo as confusões são exercícios fundamentais para que não fique pedra por virar nem relacionamento por explorar nem valores por alterar. A Lua está em Gémeos, regida por Mercúrio em trânsito retrógrado na Virgem o que permite essa observação ou comunicação analítica, crítica, detalhada, certamente de questões antigas, em trígono a Júpiter em Balança que facilita os contactos com múltiplas relações ou a busca de acordos latos, em quadratura a Neptuno em Peixes o que pode perturbar a lógica porque lhe acrescenta tonalidades emocionais pouco claras mas inspiradoras e a avançar para um sextil a Marte, Sol e Nódulo Norte em Leão, um sextil a Urano em Carneiro  e  uma oposição a Saturno em Sagitário, o caminho para arrumarmos ideias e, com uma perspectiva de longo prazo, podermos definir  qual a via que melhor corresponde ao nosso projecto pessoal, o que se vai revelar no eclipse do Sol na Lua Nova no dia 21. Vénus oposta a Plutão obriga-nos a perder o medo de olhar claramente para o que não pode mais fazer parte da nossa vida, emocional, material ou qualquer tipo de dependência.

Anúncios