Só pela tarde é que estabilizamos o que durante a manhã for abalado pelo confronto entre que queremos livremente fazer e a força da ordem existente. Desde ontem que sentimos a urgência de pôr em marcha as ideias em que acreditamos mas só esta manhã é que estamos prontos- ou somos sujeitos- a revezes, seja porque queremos mudar as coisas seja porque alguém as quer mudar por nós. Flexibilidade é a palavra chave nesta manhã em que a Lua em Carneiro faz quadratura a Plutão em Capricórnio e conjunção a Urano em Carneiro, com o seu regente Marte em Sagitário em recepção mútua com Júpiter em Escorpião. A situação tem novo enquadramento pela tarde quando a Lua entra em Touro em sextil ao Sol em Peixes e trígono a Saturno em Capricórnio o que nos permite apostar em valores estáveis e que correspondam à nossa consciência. Aliás, com Sol, Mercúrio, Vénus, Neptuno e Quíron em Peixes, o que conta é mesmo a consciência com que nos dedicamos a viver o sonho. Temos no entanto de olhar aos detalhes que fazem a diferença com uma semi-quadratura de Mercúrio a Plutão que pede realismo, boas contas e as palavras certas.

Anúncios