O dia é complexo. Por um lado podemos intuir enormes e desejadas revoluções ou conquistas nas nossas vidas mas por outro somos confrontados com o que falta repensar ou fazer e toda uma série de limites e responsabilidades que resfriam o entusiasmo da mudança. No entanto sabemos que estamos a jogar com valores seguros  e que o que pretendemos é obter ainda mais estabilidade. A Lua em Escorpião conjunta a Júpiter, trígono a Neptuno em Peixes e com os regentes Marte e Plutão em Capricórnio é que nos leva a abraçar causas fortes que alterem a ordem das coisas, nem que seja eliminar em casa o que já não nos serve para poder fazer espaço para o novo. Vénus em Touro em trígono toda a semana a Marte e a  Saturno também em Capricórnio  alimenta a aposta na segurança material e bons investimentos de futuro. Apenas Mercúrio retrógrado em Carneiro em quadratura a Marte activa agressividade, conflito, tensões entre o que não deveríamos ter dito e o que há a fazer. Quaisquer atrasos ou complicações tornam-se fonte de altas tensões e é isso que deve ser evitado com a aceitação da imperfeição, impertinência, inevitáveis ou tudo o que não controlamos- porque o que este tempo prova é que só podemos controlar o que está nas nossas mãos, repensando vontades com o Sol em Carneiro ainda em quadratura a Marte e Saturno e a avançar para uma quadratura a Plutão nos próximos dias 10 e 11,dias antes da Lua Nova em Carneiro a 16 quando será possível definir novos projectos, eliminados um máximo de entraves daqui até lá.

,mnf.,.

 

Anúncios