Só com empatia e simpatia conseguimos ultrapassar barreiras e aliviar o peso das responsabilidades. Há que tomar posições, ultrapassar carências, cumprir os sonhos mas tudo isso exige atenção ao modo como abordamos, junto dos outros, as questões a resolver. A Lua está em Balança, conjunta a Vénus, mas quadrada a Saturno a Capricórnio na terça-feira e  quadrada a Plutão na quarta no que prometem ser dois dias em que o objectivo é encontrar novos equilíbrios nas relações sejam elas financeiras, amorosas ou políticas, mesmo que para isso seja necessário abandonar padrões de relacionamento antigo e inovar, mesmo lutar por isso.  Marte está retrógrado em Capricórnio até ao final do mês o que nos permite até lá, tratar de arranjar coisas estruturais desde o estado do telhado ou da organização de vida que estejam pendentes.Mercúrio também está retrógrado até dia 20 em Leão sinal de que é tempo para uma reflexão sobre a nossa identidade e recuperação da criatividade, tempo para meditar sobre quem somos e o que queremos ser já que o Nódulo Norte também se encontra em Leão, sextil a Vénus e trígono a Quíron em Peixes. Urano tem estado estacionário e entra retrógrado nesta quarta-feira, numa retrogradação que ainda o leva de volta a Carneiro. Natural e lentamente vamos rever o que estamos a valorizar de novo desde o seu ingresso em Touro em meados de Maio, até ao ponto de termos de tomar atitudes concretas, mobilizadoras que nos permitam passar à fase seguinte, na Primavera de 2019, de progresso, inovação e rentabilidade.  Pode parecer que não se passa nada nestes dias de Agosto mas decorre um trabalho profundo de reflexão e re-orientação a que poderemos dar voz a partir de Setembro.

Anúncios