É difícil entender para que lado caem as coisas hoje já que os sentimentos são contraditórios ou mesmo nebulosos. Temos ideias para o futuro mas as acções possíveis estão demasiado carregadas de fantasia, ideais ou mesmo de erros e a tensão entre o que se quer e o que se consegue fazer é grande com o Sol em Sagitário em quadratura tanto a Marte como a Neptuno em Peixes. Em simultâneo, a Lua em Escorpião, regida por Marte, faz trígonos a esses dois planetas o que nos dá a impressão de que o que fazemos é o certo para dominar as situações e ser capaz de controlar bens ou situações de poderes partilhados. Vénus está também em Escorpião o que intensifica os desejos a todos os níveis e como Mercúrio retrógrado voltou a este signo apesar do desejo de domínio das situações estamos a ser obrigados a rever esse mesmo desejo porque percebemos, pela lógica  que para seguir em frente existem assuntos e divisões de poder que têm de ser re-equacionadas. Como Mercúrio está em trígono ao Nódulo Norte em Caranguejo, todo esse repensar deve ser orientado para o que nos dá segurança emocional, familiar, doméstica, nacional. Não são tempos de abertura, são tempos de procura de respostas internas antes de podermos projectarmo-nos para o exterior. Temos até sexta-feira para eliminar um máximo de assuntos e entraves pendentes, sempre em função do que é mesmo bom para nós próprios e para os nossos.

Anúncios